Em relatório da Secretaria do Tesouro Nacional publicado nesta segunda-feira (30), foi explicitado que as contas do Governo apresentaram um déficit primário de R$25.857 bilhões em fevereiro.

O valor é chamado de “déficit primário” pois não leva em consideração os gastos do governo com pagamentos de juros de dívida pública. O déficit se dá quando os gastos superam receitas de impostos e contribuições.

Ainda de acordo com o Tesouro Nacional, o déficit deste fevereiro foi o maior para o mês desde fevereiro de 2017, quando atingiu R$29.193 bilhões.

As contas do Governo ainda não registraram os gastos relacionados ao Coronavírus, tanto na área da saúde quanto no bem-estar social. Estas, por sua vez, apenas foram autorizadas no final de março.

Segundo o Tesouro, as receitas deste mês somam R$234.095 bilhões, um acréscimo de 1,2% comparado com o mesmo período do ano passado; enquanto isso, as despesas totalizaram R$215,820 bilhões, com recuo de 1,5%.