Cointimes
Criptomoedas

Gustavo Cerbasi afirmou que criptoativos não têm fundamentos

Gustavo Cerbasi bitcoin

Gustavo Cerbasi comenta sobre Bitcoin e criptoativos. Reprodução/Youtube.

Educador financeiro best-seller no Brasil, Gustavo Cerbasi respondeu uma pergunta em seu Instagram afirmando que “criptoativo é investimento ruim”. Ele justificou sua opinião dizendo que “é muito volátil e não tem fundamento”.

Cerbasi, porém, salientou que a volatilidade traz rentabilidades elevadas e disse que há quem goste de “apostas” e investem em cripto para “tentar tirar uma casquinha”. Veja o vídeo abaixo, de data incerta:

https://cointimes.com.br/wp-content/uploads/2021/09/I2D_GwbpU-ED5SXh.mp4

Gustavo Cerbasi e o Bitcoin

Mais conhecido pelos livros “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” e “Investimentos Inteligentes”, Gustavo é referência em educação financeira no Brasil. Em seu canal no Youtube, que conta com 910 mil inscritos, ele opinou sobre Bitcoin em maio de 2017, quando cada BTC ainda era negociado por menos de 7 mil reais.

Na ocasião, ele esclareceu que não investia em bitcoin, mas respeitava o mercado e seus investidores. “É um mercado incipiente, inovador. Apesar de já estar aí há quase uma década, ainda está amadurecendo. E, principalmente, é um mercado não regulado.”

Cerbasi alertou sobre os riscos da falta de proteção da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), mas mostrou diversas maneiras de se expôr ao mercado, seja comprando BTC, aceitando como forma de pagamento ou minerando o ativo.

O desenvolvimento de outras moedas digitais, ou seja, a concorrência, também foi citada como um risco potencial para o Bitcoin. A grande valorização que o BTC já havia expressado foi citada como um sinal para manter a cautela. Ele complementou:

“Se há crença ou análise que esse mercado continuará criando valorização, é uma valorização certamente reduzida comparada ao histórico que já se criou.”

Por fim, ainda neste vídeo de 2017, o educador financeiro recomendou nunca investir uma parcela predominante do seu patrimônio em bitcoin, mas afirmou ver o meio digital como forma de pagamento no futuro.

“Nunca deixe a sua carteira predominar, a sua carteira superar um total de mais de 25 ou 30% do seu patrimônio em um único mercado pouco regulado ou com alto nível de risco. 

Com isso, acho que você vai aproveitar a onda do Bitcoin, a onda da moeda eletrônica. Provavelmente uma forma de pagamento que deve se tornar definitiva no mundo, não necessariamente o bitcoin, mas alguma moeda equivalente. E não deixar de colher os frutos dessa oportunidade que você enxerga, com certeza vai fazer bom negócio se tomar esse cuidado de diversificar.”

Ontem (23/09), Cerbasi divulgou no Instagram seu vídeo intitulado “Criptomoedas, Cannabis e outros investimentos alternativos, aprenda investir neles“, onde reafirma os receios que tem com os riscos relacionados aos criptoativos como o bitcoin. Vale notar que o vídeo se encontra no canal do banco de investimentos BTG Pactual, que está lançando a sua própria exchange de criptomoedas.

Além disso, atualmente o mercado de bitcoin está discutivelmente mais amadurecido e existem diversas opções de se expôr indiretamente aos criptoativos por meio de produtos regulados como ETFs e fundos.

Tentamos entrar em contato com Gustavo Cerbasi, mas até o momento não tivemos retorno.

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Sair da versão mobile