Cointimes
Bitcoin

Hiperinflação à vista? Alavancagem em Bitcoin é comparada a corrida do ouro

Hiperinflação à vista? Alavancagem em Bitcoin é comparada a corrida do ouro

Durante transmissão do Bloomberg Crypto Summit, Caitlin Long, CEO e fundadora do Avanti Bank & Trust, relacionou os investimentos da MicroStrategy em Bitcoin com a corrida contra a hiperinflação após a primeira guerra mundial enfrentada pela Alemanha.

O que a MicroStrategy fez não é muito diferente do que os grandes industriais alemães fizeram quando começaram a ver a desvalorização da moeda antes da hiperinflação. Não estou prevendo que a hiperinflação vai chegar, estou apenas dizendo que há uma analogia histórica e temos várias empresas de tecnologia [fazendo o mesmo], afirmou Caitlin durante o programa.

Para arcar com os elevados custos da Primeira Guerra Mundial ainda em curso, a Alemanha suspendeu a conversibilidade de sua moeda com o ouro. Essa medida elevou ao limite a base monetária do Papiermark alemão, moeda em curso na época, causando aumento explosivo dos preços.

Homem varrendo papel moeda na rua durante hiperinflação na Alemanha pós-guerra. Fonte: Mises Brasil.

Para se proteger contra a desvalorização da moeda, muitas pessoas recorreram ao ouro como um ativo contra a inflação. Exatamente um século após, o mundo passa por um novo significativo aumento nas bases monetárias das moedas fiduciárias, que há muito tempo perderam sua paridade com o ouro.

Mas agora, a melhor proteção contra a inflação pode não mais ser o metal amarelo, que há milênios é sinônimo de riqueza, mas sim a sua versão digital, o Bitcoin.

O Rei da Inflação

Hugo Stinnes, um famoso industrial alemão, recebeu o título de “Rei da Inflação” após aproveitar todo o seu dinheiro e acesso a crédito para realizar grandes aportes em ouro nos período pré-hiperinflação. Em 1923 a revista Time chamou Hugo de ‘O Novo Imperador da Alemanha’.

A estratégia de Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, empresa que realizou a compra de mais de 90 mil bitcoins, é basicamente a mesma que a de Hugo Stinnes, a diferença está apenas no tipo de hedge escolhido.

Bem, a história aqui se deve à rápida expansão da oferta monetária pelos bancos centrais, o custo do capital triplicou de 5% para 15% no ano passado, e se olharmos para os próximos quatro anos, títulos cupons e taxas de crescimento de EPS -ganhos por ação- precisarão ultrapassar esse obstáculo para preservar a riqueza, disse Michael Saylor.

A grande questão aqui é se de fato entraremos em um período de altíssima inflação. Nesse cenário o ouro, bitcoin, prata e demais ativos escassos tendem a se valorizar demasiadamente em relação às moedas tradicionais.

Você está se preparando para um cenário de hiperinflação? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo. 

Leia mais: Coinbase revela seu patrimônio de Bitcoin comprado desde 2012

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Posts relacionados

Bolsa de Chicago anuncia contratos futuros de Ethereum

João Victor
16 de dezembro de 2020

Burger King lança Fast Food para cachorro aceitando Dogecoin no Brasil

Gustavo Marinho
27 de julho de 2021

CEO da Visa diz que é inteligente o suficiente para investir agora em Bitcoin

Gustavo Marinho
17 de março de 2021
Sair da versão mobile