Passfolio

De acordo com o banco Barclays, o bitcoin pode tomar grande parte dos próximos ganhos do fabricante de carros elétricos.

O analista Brian Johnson espera que a Tesla (TSLA) informe um prejuízo de aproximadamente $460 milhões de dólares por conta de seu investimento em bitcoin:

“Com o BTC terminando o trimestre em torno de $19.000, esperamos que a Tesla assuma uma taxa de impairment no trimestre de aproximadamente US $460mn, ou $0,40 por ação,”

disse Johnson em nota aos clientes.

O impairment é o custo por redução ao valor recuperável que deve ser incluído nas despesas quando o valor contábil de um ativo exceder o valor recuperável. Essa redução no valor recuperável de ativos implica a diminuição da qualidade, força ou valor de um ativo.

Os preços do bitcoin caíram nos últimos meses, e investidores se afastam dos ativos de risco enquanto a inflação aumenta, junto com os receios de uma desaceleração global. Na segunda-feira (18), a principal moeda digital amanheceu acima de US $22.000 depois de ter começado o ano com valor acima dos $47.000, de acordo com o Coinmarketcap.

Passfolio

Saiba mais: O pico da inflação nos EUA ainda não chegou, entenda o motivo

Ainda assim, Johnson espera que os ganhos da Tesla fiquem acima das expectativas por conta dos comentários do CEO Elon Musk no mês passado, alegando que “Berlim e Austin são gigantescos fornos de dinheiro.”

Apesar de uma breve paralisação na fábrica em Berlim, o Barclays espera que a Tesla atinja seu objetivo de dobrar a taxa de produção em agosto e terminar o terceiro trimestre com 18.000 unidades. 

Na fábrica de Xangai, o Barclays espera que a empresa produza 213.000 veículos no terceiro trimestre, acima de uma estimativa anterior de 210.000, apesar de uma breve paralisação relatada.

O Barclays também aumentou sua meta de preço de US $370 para $380 por ação, embora isso ainda represente uma desvantagem potencial de mais de 47% em relação ao fechamento da sexta-feira (15).

As ações da Tesla caíram quase 32% este ano.

Leia também:

Passfolio