Índia não vai banir criptos

A batalha dos Indianos contra a censura de criptomoedas continua enquanto surgem os novos relatórios do governo. Pelo que parece, o governo Indiano não vai banir criptos no fim das contas. Entretanto, tudo indica que elas devem ser classificadas como commodities.

Ainda neste ano, o governo Indiano, através do Ministério das Finanças, estabeleceu um comitê para examinar o mercado de criptos no país. No dia 5 abril, o Banco de Reservas da India ordenou que todas as instituições bancárias locais encerrassem a prestação de serviços para qualquer empresa relacionada a criptomoedas.

Em julho, a Suprema Corte da India acatou a decisão do Banco de Reservas Indiano. O que baniu efetivamente qualquer atividade relacionada a criptomoedas. Essa decisão foi um golpe severo nas empresas desse setor. Entretanto, depois de alguns meses de incerteza, debates e lobby de grandes empresas, começaram a aparecer sinais de que o governo irá voltar atrás em sua decisão.

Governo indiano quer mais KYC

Canais da mídia local estão dizendo que uma fonte com conhecimento interno do Comitê de deliberações do governo diz que não há planos para banir criptos na India, por enquanto. A fonte anônima diz:

Não acho que estejam querendo banir todas as criptomoedas. O problema aqui é regular a negociação delas e, todos nós precisamos saber de onde o dinheiro está vindo. Classificá-las como uma commodity irá nos permitir uma melhor regulação das negociações, que é o que estamos procurando”

Para todos os governos, regular essa emergente indústria é como se fosse acertar um alvo em movimento. E ter uma posição definitiva do governo indiano tem se mostrado ainda mais difícil. No entanto, no último mês, em um comentário a um canal de televisão, secretário do departamento de assuntos econômicos e chefe do comitê de criptos, Subhash Chandra Garg, deu uma pista de que categorização de criptos como Commodities talvez seja um caminho a ser seguido.

Ele disse:

Negociar não é um crime. A maioria de nós negocia várias classes de ativos no mercado de ações. Então como a negociação de criptomoedas poderia ser diferente? O que precisa existir é um mecanismo que dê a certeza de que aquele dinheiro sendo negociado não seja ilegal, rastrear a sua fonte é a coisa mais importante.” 

Via: Cryptoglobe

Esperamos que você tenha aprendido como funcionam os Ciclos Econômicos e como Bitcoin poderia ter a evitado. Caso tenha gostado, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Se quiser continuar recebendo conteúdos como esse, favorite o Cointimes e ative as notificações clicando no notificações