A parceria geopolítica entre Irã e China está dando mais frutos para o Bitcoin do que poderíamos esperar. As últimas notícias do Irã mostram que o governo liberou 3 usinas elétricas para mineração de Bitcoin e outras moedas.

Leia também: Mineradores de bitcoin invadem a China após acordo de US$400 bi

Mohsen Tarztalab diretor da Thermal Power Plant Holding Company (TPPH) comunicou o acesso de mineradores de criptomoedas a instalações produtoras de energia elétrica.

“O equipamento necessário foi instalado em três usinas de Ramin, Neka e Shahid Montazeri, e os documentos do leilão serão carregados no site SetadIran.ir em um futuro próximo”

afirmou Mohsen.

A medida pretende ajudar a economia iraniana que foi destruída pelas sanções dos EUA, principalmente na área energética. O Irã é um dos maiores produtores de hidrocarbonetos do mundo, mas agora tem dificuldade para exportar seu principal produto, o petróleo e seus derivados.

Bitcoin ajudando a economia do Irã

“Infelizmente, os aumentos de preços constantes e a obrigação de fornecer eletricidade com preços estáveis aos assinantes causaram uma grande lacuna entre receitas e despesas no setor elétrico do país, e precisamos de novas fontes de receita para preencher essa lacuna.”

disse Tarztalab

Com grande volume e aceita mundialmente, o bitcoin tem se tornado uma reserva de valor até mesmo para alguns países não alinhados com os Estados Unidos, como é o caso da Venezuela e aparentemente será o do Irã cuja  população já usava a criptomoeda para compras online.

Entretanto, não será toda a energia usada para a mineração. O diretor da TPPH quer que o projeto seja “verde”, por isso os mineradores só poderão usar turbinas adicionais que usam gás natural e não petróleo. 

A corrida estatal pelo Bitcoin

Como resultado, o Irã desafia a soberania dos Estados Unidos e a capacidade dos norte-americanos de aplicar sanções. A única maneira de responder a esse desafio é incentivar a mineração de BTC nos EUA.

Essa ideia levou alguns especialistas a especularem sobre uma possível corrida de incentivos estatais para a  mineração do Bitcoin, o que seria extremamente positvo para a rede. 

O Bitcoin bateu na semana passada o seu recorde de poder de mineração, com as novas usinas e possíveis avanços futuros do Irã em conjunto com a iniciativa privada, o btc ficará cada vez mais seguro.