Cointimes
Blockchain

ISIS está experimentando aplicativo de mensagens em blockchain

Isis utiliza de blockchain para compartilhar terrorismo

O Estado Islâmico descobriu o blockchain. A tecnologia por trás de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum parece estar revolucionando várias áreas da sociedade, de processamento de pagamentos à votação online.

Agora o ISIS está testando ativamente um aplicativo de mensagens baseado em blockchain que pode fornecer tudo o que precisam: comunicação segura e anônima, um repositório à prova de adulteração para vídeos de decapitações e outras propagandas do grupo terrorista.

ISIS se beneficiando com a tecnologia blockchain?

O aplicativo em questão, BCM, está entre uma série de testes que o ISIS está realizando em plataformas de mensagens de nicho, como TamTam, RocketChat, Riot e Hoop, mas a natureza anônima e criptografada do BCM o torna ideal para um grupo que procura evitar a detecção pela aplicação da lei.

“Os principais recursos do aplicativo de anonimato, criptografia e grandes tamanhos de bate-papo em grupo também representam um grande risco de adoção”, escreveu Brenna Smith, pesquisadora especializada em investigar desinformação e uso ilícito de criptomoedas, em seu boletim informativo da Cryptosint.

“Os extremistas cobiçam tecnologias que podem transmitir sua mensagem a milhares enquanto ocultam sua identidade”.

Até recentemente, o Telegram era essa plataforma, oferecendo aos terroristas alta visibilidade e exigindo muito poucas características de identificação.

Mas no final de novembro, uma operação internacional de aplicação da lei liderada pela União Européia desmantelou a enorme rede de contas e canais que o ISIS havia estabelecido no Telegram.

Inicialmente, parecia que o pouco conhecido aplicativo de mensagens russo TamTam iria fornecer refúgio para as atividades online do ISIS. Embora ainda mantenha uma presença nessa plataforma, os administradores agiram agressivamente para bloquear muitas das contas.

“Porque comunicação importa”

O BCM – que significa Why Communication Matters – é lançado como “uma plataforma de comunicação altamente segura”, onde “cada mensagem é estritamente criptografada e nenhum terceiro pode decifrar o conteúdo”.

“Apoiadores do Estado islâmico experimentam no BCM Messenger, um aplicativo de mensagens encriptado de ponta a ponta baseado em tecnologia Blockchain. Nesse exemplo apoiadores do ISIS compartilham uma galeria de fotos de um recente ataque na África Central.”

Enquanto o Telegram exige que o usuário forneça um número de telefone para registrar uma conta, o BCM não exige nenhuma informação de identificação.

O BCM também permite que os administradores criem “supergrupos” de até 100.000 pessoas. O aplicativo está disponível nas lojas de aplicativos do Google e da Apple.

“É preocupante se o BCM realmente permitir conteúdo e comunicação que não possam ser interrompidos ou bloqueados por terceiros”, disse Yaya Fanuise, ex-analista de contraterrorismo da CIA que atualmente trabalha para o Center for a New American Security.

“Teoricamente, isso proporcionaria maior segurança a grupos como o ISIS para armazenar e disseminar perpetuamente materiais como vídeos de decapitações e outras propagandas”.

A empresa não comentou a presença de canais do ISIS em sua plataforma ou se os removeria.

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Sair da versão mobile