Cointimes
Altcoins

Marketplace de NFTs supera volume de todas as corretoras de Bitcoin no Brasil combinadas

NFT Brasil

Não é só em Cingapura que o mercado NFT virou o tema de maior interesse pelos investidores. Quem notou isso recentemente foi a Glassnode, que lançou ontem (18) um relatório sobre o mercado DeFi. 

De acordo com o relatório, o marketplace de NFT OpenSea já ultrapassou US$1 bilhão negociado e estima-se que ele chegará a US$2 bi até o final de agosto.

Volume negociado no Opensea durante parte de agosto 2021

NFTs superando o mercado brasileiro de bitcoins? 

Se a projeção se confirmar, o mercado de NFT terá negociado o equivalente a quase duas vezes o mês passado inteiro do mercado brasileiro de bitcoin. 

Segundo o CointraderMonitor, as corretoras brasileiras de bitcoin negociaram 30.137,41 bitcoins ou o equivalente a ~R$5,5 bi na cotação da época. Com o dólar a praticamente R$5,30 os US$2 bi da equivalerão a ~R$10,6 bi. 

O que isso significa para o mercado?

Para a Glassnode, os tokens não fungíveis (NFTs) “continuam como a narrativa líder para o Ethereum no mercado atual”.

Isso não significa que não vemos volumes maiores de negociação em protocolos DeFi como Aave, Maker e Compound, que somados acumulam US$42 bi em depósitos. 

O que a Glassnode provavelmente quer indicar é que os NFTs estão atraindo um novo público para o blockchain do Ethereum. 

Desde Felipe Neto até as Havaianas já lançaram Non-Fungible Tokens, isso eleva o uso do Ethereum e o conhecimento sobre a criptomoeda, visto que o criptoativo é a plataforma preferida para o lançamento desse novo fenômeno digital.

Leia Mais: 

Binance domina a negociação bilionária de Bitcoin no Brasil

Mercado DeFi é alternativa para 68% dos brasileiros insatisfeitos com bancos

Fonte: Glassnode

Posts relacionados

Para este grupo de brasileiros, o preço da gasolina está diminuindo; entenda

Gustavo Marinho
29 de dezembro de 2021

Neon e Inter ficam fora do ar, bitcoin continua funcionando normalmente

Cointimes
6 de setembro de 2019

Quem negocia criptomoedas vai precisar reportar informações para a Receita Federal

Lucas Bassotto
7 de maio de 2019
Sair da versão mobile