Cointimes
Bitcoin

Site russo da Darknet supera Poloniex e Kraken

O marketplace russo Hydra, alcançou a sexta posição no ranking de volume de movimentações em criptomoedas na Europa Oriental, se aproximando de multinacionais, como a Binance e a Coinbase.

O marketplace russo Hydra, alcançou a sexta posição no ranking de volume de movimentações em criptomoedas na Europa Oriental, se aproximando de multinacionais, como a Binance e a Coinbase. Tendo movimentado mais valor em criptomoedas que as  exchanges Poloniex e Kraken.

O relatório publicado no dia 14 pela empresa de análise de dados Chainalysis, informou que o mercado negro da darknet (DNM) -também conhecido como Hydra- é  “sexto maior serviço em volume da Europa Oriental”.  O relatório apresentado também disse que existe um “sistema complexo de distribuição de medicamentos” na Rússia e Europa. 

O alto volume de movimentações ocorridas no mercado negro se devem a dois principais fatores. Primeiramente, diversos países da Europa Oriental lideram os rankings de adoção das criptomoedas no mundo, como a Ucrânia e Rússia, que estão, respectivamente em primeiro e em segundo lugar.

Leia também: Confira os 10 países que mais utilizam criptomoedas

O segundo fator é que a Europa Oriental tem grande influência no mercado negro do mundial, com 21% da atividade da darknet concentrada na região. Talvez isso ocorra por conta dos resquícios culturais herdados pela influência da União Soviética. 

A URSS combateu fortemente o comércio não chancelado pelo Estado. Por conta da escassez de diversos produtos básicos, como alimentos e remédios, à população acabava optando pelo mercado informal.

O que pode ser comprado?

A maioria dos usuários utiliza o site para compra de armas e drogas, vista a dificuldade e risco legal de se obter tais produtos em mercados tradicionais. Contudo, é possível adquirir diversos itens comuns, como livros, chips e o que mais estiver sendo ofertado pela rede descentralizada de vendedores.

Ele funciona como o Mercado Livre, onde vendedores se cadastram e vendem seus produtos individualmente. A função do site é chancelar as transações para que ela ocorra da melhor maneira possível.

Quanto ao transporte, à Chainalysis informou que:

“Os transportadores recebem pedidos de entrega de maneira semelhante aos motoristas do Uber e entregam pacotes em locais distintos, transmitidos aos compradores posteriormente, para que nenhuma das partes tenha que se ver ou fazer uma troca em pessoa.”

A utilização das criptomoedas para realização de negócios anônimos tem crescido no mundo. Isso ocorre pois determinadas criptos -como Monero e Dash- oferecem anonimato suficiente para não ser possível o rastreio de transações. Mas o dinheiro em espécie ainda é a maneira mais usada para se esconder movimentações financeiras.

Posts relacionados

Nova stablecoin do euro usará XRP

Neto Guaraci
14 de fevereiro de 2022

Pesquisadores propõe novo sistema anônimo para criptomoeda Nano

Cointimes
10 de dezembro de 2020

Ex-CEO da Nissan usou bitcoin para fugir do Japão após ser acusado de sonegação

Neto Guaraci
24 de julho de 2020
Sair da versão mobile