Nesta terça-feira (24/11), um minerador de bitcoin de 35 anos foi hospitalizado após sua “fazenda” de mineração pegar fogo em um apartamento em São Petersburgo, na Rússia, de acordo com um relato de um jornal local citando o Ministério de Emergências.

O minerador falhou em fornecer um sistema de refrigeração adequado para suas máquinas e foi foi hospitalizado com queimaduras nas mãos, costas e pescoço. De acordo com relatos, o incêndio durou 40 minutos e foi necessário quatro carros de bombeiros e 16 profissionais para controlar a situação.

Este não é o primeiro incidente desse tipo na Rússia. Em dezembro de 2019, uma fazenda de mineração instalada em uma garagem particular na cidade de Vologda também pegou fogo, destruindo todos os equipamentos, informou a CNews na época.

E, em fevereiro de 2019, um grande incêndio destruiu sete apartamentos em um prédio residencial na cidade de Artem, no leste da Rússia.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

A empresa federal de energia elétrica Rosseti chegou a relatar perda de cerca de US$ 6,6 milhões no ano passado por causa das fazendas de mineração conectadas à rede elétrica ilegalmente.

Como já mostramos anteriormente, casos de acidentes com mineração “amadora” são tão comuns que foi criado um site chamado “BitcoinMiningAccidents” para narrar as diversas ocorrências.

Mas mineradores profissionais também não estão livres de cometerem erros. Em setembro do ano passado, uma fazenda de mineração na Mongólia pegou fogo e chegou inclusive a causar uma queda perceptível no hashrate do Bitcoin.

Veja também: Como funciona a mineração de bitcoin?


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!