Cointimes
Bitcoin

Mineração de Bitcoin é responsável por 0,08% da produção global de CO2, revela relatório

Minerador de Bitcoin

Minerador de Bitcoin

De acordo com a empresa de investimento digital CoinShares, a rede de mineração Bitcoin (BTC) contribuiu com menos de 0,08% das emissões totais de dióxido de carbono (CO2) do mundo. 

De acordo com dados coletados pela empresa, a mineração de BTC contribui apenas com uma pequena parcela das emissões mundiais de CO2, especialmente quando comparada à ampla gama de serviços possibilitados pelo uso da criptomoeda.

Emissão insignificante de carbono pelo Bitcoin 

Em uma análise recente divulgada na segunda-feira, a CoinShares calculou que a rede de mineração Bitcoin (BTC) emitiu 42 megatons, ou Mt, de dióxido de carbono, ou CO2, em 2021 (1Mt = 1 milhão de toneladas).

A rede de mineração Bitcoin deverá emitir 36 milhões de toneladas de CO2 em 2022, abaixo dos 41 milhões de toneladas do ano passado. De acordo com o estudo, a mitigação de flares pode remover cerca de 2,1 milhões de toneladas de equivalentes de CO2 do mercado, diminuindo as emissões líquidas totais da mineração BTC para cerca de 39 milhões de toneladas por ano. 

No entanto, de acordo com a CoinShares, a rede de mineração BTC cria uma parcela insignificante das emissões gerais, representando menos de 0,08% do total. 

O relatório dizia:

“Como referência, países com grandes bases industriais, como Estados Unidos e China, emitiram 5.830 Mt e 11.580 Mt CO2e em 2016, respectivamente.” 

O uso geral de eletricidade da rede Bitcoin é estimado em 89 terawatts-hora (TWh) no relatório, o que é muito menor do que as estimativas feitas por instituições como a Universidade de Cambridge. 

Isso é especialmente verdade agora que a taxa de hash da rede Bitcoin atingiu novos máximos de todos os tempos. No entanto, o uso de eletricidade por si só não fornece uma imagem abrangente do impacto ambiental da rede Bitcoin. Isso ocorre porque as emissões mundiais de CO2 são causadas por uma variedade de fatores, incluindo, por exemplo, automóveis particulares. 

Além disso, conforme evidenciado pelos números da CoinShares, a pegada de carbono da mineração de BTC é insignificante em comparação com a de vários negócios tradicionais que emitem substancialmente mais CO2.

“As estimativas das emissões causadas pela cunhagem e impressão de moedas fiduciárias chegam a cerca de 8 Mt por ano e estima-se que a indústria do ouro gere entre 100 e 145 Mt de emissões de CO2 anualmente”, segundo o estudo.

Preço do BTC – Fonte: CoinGoLive.com

Quando vistos a longo prazo e em perspectiva, os custos de emissão do Bitcoin são “diminuídos por seus benefícios”, de acordo com a empresa:

“Com 0,08% das emissões globais de CO2, removendo toda a rede de mineração da demanda global – e, assim, privando centenas de milhões de pessoas de sua única esperança de uma forma de dinheiro justa e acessível – não seria nada mais do que um erro de arredondamento.” 

A análise oferece luz sobre um crescente debate sobre o impacto ambiental da mineração de Bitcoin. Influenciadores como Elon Musk, por exemplo, já revogaram sua adoção do Bitcoin para uso corporativo devido a preocupações com energia. 

De acordo com a análise da CoinShares, cerca de 60% da atividade de mineração de Bitcoin é alimentada por combustíveis fósseis, o que está no limite inferior das estimativas do setor, com alguns chegando a 25%.

Se as afirmações do relatório estiverem corretas, no entanto, o impacto ambiental geral do Bitcoin será menor em escala global.

Leia Mais: 

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Posts relacionados

CVM dos EUA alerta para risco “altamente especulativo” do Bitcoin

Gustavo Marinho
12 de maio de 2021

Solana e Tron registram influxos institucionais semanais de cerca de US$ 26 milhões, segundo relatório

Bruno Haacke
14 de dezembro de 2021

Bitcoin está barato? Essa métrica mostra que sim

Gustavo Marinho
19 de maio de 2020
Sair da versão mobile