Não é por falta de pagamento que a região que comporta aproximadamente 5% de todo o poder de mineração do Bitcoin está banindo mineradores. 

Segundo relatos de jornalistas e meios de comunicação especializados chineses, os mineradores da província de Yunnan tiveram sua energia elétrica cortada. 

“Diversos mineros disseram ao Wui que Boshan, Yunnan, onde mineradores de cripto estão localizados, receberam um banimento no dia 30 de novembro, requerendo que as estações de energia parassem de prover eletricidade aos mineradores. Yunnan é a terceira maior região em mineração na China, atrás de Sichuan e Xinjiang”

– afirmou o veículo Wu Blockchain.

O jornal também disse que não é necessário ficar preocupando com essa medida, pois provavelmente a ação se deve a interesses econômicos da região, como mudança de foco para recuperação da indústria ou outra necessidade relacionada.

“Não há necessidade de superestimar o impacto deste incidente. A atitude das empresas de energia locais da China em relação à mineração de criptomoedas está frequentemente mudando. É mais uma demanda por interesses econômicos do que pressão política”

O banimento também pode estar ligado a explosão de uma planta elétrica que aconteceu em maio, matando seis pessoas e ferindo outras sete. Logo após a explosão, milhares de máquinas de mineração pegaram fogo e foram destruídas. 


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!