Cointimes
Altcoins

Monero é irrastreável, diz analista da Europol

monero privacidade

Um analista da polícia europeia, a Europol, declarou que alguns tipos de transações com Monero são impossíveis de rastrear.


Veja também:

Bitcoin é mais fácil de rastrear que conta bancária e dinheiro

Monero é mais perigoso que Bitcoin, afirma Ministério das Finanças alemão


De acordo com Jerek Jakubcek, um analista da divisão de Cyber Crime, ao analisar um suspeito que usava o navegador TOR e a criptomoeda Monero, não foi possível rastrear seus passos.

“Como o suspeito usou uma combinação de Tor e Monero, não conseguimos rastrear os fundos. Não foi possível rastrear os endereços IP. O que significa que chegamos ao fim da estrada. ”

Além disso, o investigador acrescenta que com o blockchain do Bitcoin a situação é diferente:

“O que aconteceu no blockchain do Bitcoin é visível e é por isso que conseguimos chegar razoavelmente longe [na investigação]. Mas com o blockchain Monero, esse foi o ponto em que a investigação terminou. Este é um exemplo clássico de um dos vários casos em que o suspeito decidiu transferir fundos do Bitcoin ou Ethereum para Monero”

Contudo, os usuários dessa criptomoeda poderão ter dificuldades de obtê-la, pois alguns governos estão tentando restringir o uso de moedas completamente anônimas, é o caso do Japão e também da Alemanha.

Posts relacionados

“Kabum dos Estados Unidos” aceitará Shiba Inu em breve

Bruno Haacke
30 de novembro de 2021

SEC comete erro grave que ajuda XRP; segundo especialista

Vini Barbosa
21 de fevereiro de 2022

Como o Monero é capaz de proporcionar privacidade e liberdade?

Gustavo Marinho
29 de setembro de 2020
Sair da versão mobile