Segundo reportagem da CNBC, o banco Morgan Stanley se tornará o primeiro nos Estados Unidos a oferecer oficialmente bitcoin aos seus clientes ricos. 

Por meio dos fundos da Galaxy Digital e da  NYDIG, os clientes do banco que tiverem mais de US$ 2 milhões estarão qualificados para comprar bitcoin. Já as empresas precisam ter pelo menos US$6 milhões em patrimônio. Em ambos os casos, é preciso de uma conta com mais de 6 meses de atividade. 

Haverá também limitações para os investidores, o banco não deixará que um valor superior a 2,5% do patrimônio líquido seja investido no criptoativo. Os analistas da instituição acreditam que o btc é um asset de risco, perfeito para quem tem “uma tolerância de risco grande”. 

De acordo com a reportagem, os novos produtos estarão disponíveis até o próximo mês. O Morgan Stanley é um gigante dos investimentos e conta com US$4 trilhões em ativos sob controle. 

Bancos e bitcoin, uma relação complexa

Como já falamos no texto “ O Bitcoin salvará os bancos – Entenda como” o setor bancário pode precisar do bitcoin mais do que o criptoativo precisará dos bancos.Quem leu nosso texto não ficou surpreso com essa notícia. 

Agora que JP Morgan, Citi e Morgan Stanley entraram de vez no mercado de criptoativos é bem provável que outras instituições sigam os passos dos norte-americanos para não ficarem para trás. 

 Leia também: Banco Inter começou a oferecer compra de Bitcoin via fundos

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br