Cointimes
Altcoins

O que é Solana (SOL)? Tudo sobre essa nova moeda que subiu 2000%

Solana tudo sobre o projeto

Muitos são os projetos dispostos a desafiar o Ethereum pela soberania das plataformas de contratos inteligentes, mas poucos estão também bem posicionados como a Solana (SOL). Entenda mais sobre essa criptomoeda, sua economia e se vale ou a pena ficar de olho nela.

O que é Solana?

Solana (SOL) é uma criptomoeda criada para ter um alto desempenho sem sacrificar aspectos importantes como descentralização, auditabilidade e transparência. 

Explicamos em mais detalhes os princípios básicos da SOL no vídeo abaixo, confira:

Qual a história da Solana?

Esse criptoativo foi criado pelo ex-engenheiro de  software da Qualcomm Anatoly Yakovenko. Não convencido pelo Bitcoin devido ao seu baixo valor de transações por segundo e também pela falta de escalabilidade do Ethereum, Anatoly teve a ideia de criar o Proof of History (PoH). 

O primeiro rascunho da rede saiu no final de 2017, desde então o ex-Qualcomm recrutou uma série de desenvolvedores para ajudá-lo no projeto como o colega de empresa Grege Fitzgerald e Stephen Akridge. 

No segundo trimestre de 2018 a empresa Solana Labs começou a levantar fundos e até julho de 2020 arrecadou US$20 milhões por meio de várias rodadas de vendas privadas de tokens. Enquanto arrecadavam fundos eles trabalhavam na construção da primeira testnet chamada de Tour de SOL, lançada em fevereiro de 2020.

Quem são os principais contribuidores?

A equipe da Solana parece muito bem preparada e experiente. 

Tecnologias da Solana

Para atingir uma alta performance, superior a 50 mil transações por segundo, a ledger desta criptomoeda utiliza 7 inovações:

  1. Prova de História: Um relógio para auxiliar no consenso da rede
  2. Torre BFT: Um sistema assíncrono que utiliza a Prova de História para atingir consenso
  3. Turbine: Um protocolo de propagação de blocos que pega emprestado conceitos do BitTorrent
  4. Gulf Stream:  Arquitetura que acelera a confirmação de transações não confirmadas, conhecida como mempool no bitcoin/ethereum
  5. Sealevel: Primeiro sistema de execução paralela de smart contracts
  6. Cloudbreak: Sistema que ajuda a escalar os acessos ao banco de dados 
  7. Arquivadores: Distribuição do histórico do estado atual da ledger em máquinas específicas da rede

A Solana usa de um sistema de Proof-of-Stake delegado, ou seja, qualquer dono do token SOL pode delegar sua criptomoeda para um validador e potencialmente ganhar recompensas. 

Como resultado, a rede consegue processar até 50 mil transações por segundo e transmitir teoricamente 1 giga por segundo, tornando-se a criptomoeda mais rápida da atualidade. 

A combinação dessas novas tecnologias é o que faz a Solana uma criptomoeda diferente, mas, ao mesmo tempo a novidade é vista como um risco a mais para os investidores que já estão acostumados com a estabilidade de criptomoedas como o Bitcoin (BTC). 

Projetos interessantes na SOLANA (SOL)

A rede tem atraído desenvolvedores e empresas pelas vantagens tecnológicas da rede. 

A stablecoin USDC anunciou que já está disponível na Solana, principalmente devido aos baixos custos transacionais. 

Já o Audius, que recentemente fez parceria com o Tiktok, está acabando de migrar totalmente para esse novo projeto. 

Enquanto a  corretora FTX usou a rede para criar a primeira exchange descentralizada com order book similar as corretoras centralizadas na Solana, a Serum. 

Além disso, a Solana Labs já conseguiu mais de US$300 milhões em fundos para atrair talentos e novos projetos. 

O lado econômico da SOL

Em abril de 2020 usuários da Solana descobriram um total de ~13 milhões de SOL que não deveriam estar no mercado. A equipe por trás do projeto tinha emprestado, sem avisar para a comunidade, os tokens para um market maker na Binance.

Pedimos desculpas por qualquer confusão que isso possa ter causado. Dói-nos muito ver a discórdia e distração que esse descuido causou à nossa comunidade de mais de 150.000 membros em todo o mundo. A comunidade solana manteve-se forte durante 2 anos de desenvolvimento minucioso para chegar a este ponto, por isso a transparência e o respeito por essa comunidade é nossa maior prioridade.” – disse Anatoly após o incidente. 

Os tokens foram retirados do mercado e queimados 30 dias depois. Contudo, a mancha ficou e a desconfiança da comunidade continua. 

Segundo a documentação oficial, a criptomoeda terá uma agenda inflacionária dividia em três fases para incentivar o staking:

Conforme a agenda inflacionária o gráfico abaixo mostra o total de SOL em circulação estimado em anos:

Como comprar Solana?

Você pode comprar SOL em diversas plataformas como a Foxbit, Novadax e Binance usando transferência via PIX ou até mesmo cartão de crédito. 

Na Binance você consegue fazer staking diretamente da plataforma.  A criptomoeda, segundo dados do Coingolive, subiu cerca de 2.000% nos últimos 12 meses, sendo um dos melhores investimentos do mercado de criptomoedas no último ano.

Em comparação, o bitcoin só subiu ~500% no mesmo periodo.

Qual o maior desafio da criptomoeda?

A equipe e comunidade da SOL terá que vencer o grande efeito de rede da comunidade do Ethereum, Binance Smart Chain e futuramente da Cardano (ADA).

A atração e retenção de programadores talentosos na comunidade será um desafio ainda maior, visto que esse é o recurso mais escasso para qualquer projeto focado na área de smart contracts.

Vencendo esses desafios e provando a solidez tecnológica do projeto a SOL tem um bom futuro pela frente.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Sair da versão mobile