Cointimes
Bitcoin

País de viciados em ouro investe R$200 bi em bitcoin

Bitcoin e pedras de ouro

Os investimentos em criptomoedas na Índia vêm ganhando força significativa no ano passado, indica estudo que observou dados do blockchain. Apesar da situação regulatória ambígua no país, mais de 15 milhões de indianos compraram ou venderam moedas digitais.

Indianos investem em meio a incertezas regulatórias

Um número significativo de indianos converteu dinheiro em criptomoedas no ano passado e viu as principais criptos atingirem máximas de preço de todos os tempos. Os investimentos em criptoativos aumentaram de cerca de US$ 200 milhões para quase US$ 40 bilhões (aproximadamente R$200 bi), informou a Bloomberg, citando a empresa de análise Chainalysis.

O enorme crescimento foi registrado apesar de um futuro incerto para o bitcoin e demais moedas digitais no segundo país mais populoso do mundo. O aumento dos investimentos acontece no contexto de uma atitude geralmente hostil, mas também ambígua, do banco central indiano em relação às criptomoedas.

Mais de 15 milhões de indianos compram e vendem criptos, acrescentou a publicação, em desconsideração de uma proposta de proibição do trading de moedas. Seu número está se aproximando dos 23 milhões de traders de criptomoedas nos EUA e ultrapassa em muito os 2,3 milhões de traders ativos do Reino Unido.

O notável aumento de investidores em criptomoedas está amplamente associado aos indianos entre 18 e 35 anos, de acordo com Sandeep Goenka, cofundador da exchange de criptoativos Zebpay. Goenka, que tem representado a indústria em negociações de regulamentação com o governo, explicou que os jovens acham muito mais fácil investir em criptomoeda do que em ouro:

“Você fica online, pode comprar criptomoeda, não precisa verificá-la, ao contrário do ouro.”

Indianos encontram novo ouro no Bitcoin

Historicamente, o ouro tem sido um investimento muito popular na Índia, onde as famílias possuem cerca de 25.000 toneladas do metal precioso. No entanto, os dados mais recentes do World Gold Council indicaram que os adultos com menos de 34 anos são menos atraídos pelo ouro do que os indianos mais velhos.

Um jovem empresário que abandonou o ouro e se voltou para as criptomoedas investiu mais de 1 milhão de rúpias indianas (cerca de US$ 13.400) em bitcoin (BTC), ethereum (ETH) e dogecoin (DOGE) desde dezembro. Para adquirir as moedas, Richi Sood, de 32 anos, pediu emprestado parte do dinheiro de seu pai.

Sood, que vendeu uma parte de sua criptomoeda quando o BTC ultrapassou a marca de US$ 50.000 em fevereiro e depois comprou novamente quando os preços caíram, usou os lucros para financiar a expansão no exterior de sua startup educacional, a Study Mate India. Ele diz que a criptomoeda tem retornos de curto prazo maiores do que o ouro, elaborando:

“Prefiro colocar meu dinheiro em criptomoedas do que em ouro. A criptomoeda é mais transparente do que ouro ou propriedades.”

Só nos últimos 12 meses, os valores diários de cripto subiram quase 900%, revela o relatório. Ao mesmo tempo, a Índia ainda não adotou regulamentações abrangentes para o espaço criptográfico em expansão, e a falta de clareza provavelmente afastou muitos investidores e comerciantes em potencial.

Em 2018, o Reserve Bank of India emitiu uma circular proibindo as instituições financeiras de fornecer serviços para empresas do setor cripto. No entanto, em maio deste ano, o RBI informou aos bancos que a instrução não era mais válida, citando uma decisão de um ano da Suprema Corte. No entanto, vários bancos comerciais interromperam recentemente os serviços para clientes que negociam com criptomoedas.

O que você acha que o futuro reserva para as criptomoedas na Índia? Compartilhe suas opiniões sobre o assunto na seção de comentários abaixo.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Sair da versão mobile