Muitas pessoas estão nos perguntando se “participar de consócio vale a pena”, a resposta pode ser um pouco mais complexa que do que um simples “sim” ou “não”.

Primeiramente vamos começar do básico.

O que é um consórcio e como funciona?

O consórcio é a uma maneira de formar uma poupança em grupo para comprar um determinado bem.

Ao participar de um consórcio você precisará comprar cotas, geralmente pagando parcelas mensais, para que até o final do contrato você seja contemplado.

Geralmente isso é feito com carros, motos, casas e outros bens de valores um pouco elevados.

O consórcio é um bom negócio?

Bom, essa resposta depende da sua situação. Mas, em geral, podemos dizer que consórcios são péssimos negócios. Segundo a educadora financeira Mirna Borges, do canal EconoMirna, “consórcio não é investimento“.

Ou seja, você não paga juros no consórcio e também não recebe juros. Porém, você paga uma taxa de administração que pode chegar em até 30% que é o caso do produto do Itaú para imóveis.

“Um dos meus suicídios financeiros foi ter feito um consórcio de imóveis”

Entretanto, ela recomenda que o consórcio seja feito apenas para pessoas que têm extrema dificuldade para guardar dinheiro ou que já tenha o dinheiro para dar o lance contemplado.

Investir ou consórcio

Vamos simular um Consócio x Investimento e deixar claro que o consórcio é um péssimo negócio.

Consórcio

  • Carta de R$ 100 mil
  • Prazo de 100 meses
  • Taxa de Administração de 15%*
  • Parcelas = R$ 1.150,00
  • Pagamento total = R$ 115.000,00**

* Taxa média de mercado.
** Não foi considerada a taxa de fundo de reserva, nem os reajustes anuais de inflação.

Investimento com 100% do CDI

  • Prazo de 100 meses
  • Investimento mensal = R$ 1.150,00
  • Rentabilidade de 100% do CDI = 5,56% a.a. no CDI de hoje.
  • Total Acumulado = R$ 144.830,95

No consórcio você perde R$29.830,95.

Agora que você já sabe que consórcio é um péssimo negócio, que tal colocar sua vida financeira em dia com as dicas do Isac Honorato?