Com a explosão do mercado de criptomoedas, novas corretoras de bitcoin entraram no mercado. A maior parte delas quer apenas oferecer um bom serviço, entretanto, alguns não têm boas intenções. Nesse post vou dar algumas dicas para você escolher a melhor corretora de bitcoin.

1. Conheça as pessoas

João Canhada corretora de bitcoin

Um passo importante para escolher uma exchange é saber quem está envolvido no projeto.

Claro, isso custa uma pesquisa no Google.

Por exemplo, eu pesquisei “dono da Foxbit”.  O que encontrei? Um ótimo artigo do Guia do Bitcoin, uma conversa detalhada com um dos fundadores da empresa, o Sr. Guto Shciavon.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Mas o primeiro resultado é o do Quem Somos, uma página com todos os sócios da Foxbit. Aproveitei e já procurei o perfil da Natália Garcia, diretora jurídica da Foxbit, ela já passou por grandes bancos e escritórios. Isso é um ótimo sinal.

É esse tipo de transparência que você deve procurar.

2. Pesquise em sites de reclamação

reclame aqui corretora de bitcoin

Um bom site para analisar o histórico de uma empresa é o Reclame Aqui. Veja os 12 meses e compare com os últimos 6 meses. Isso mostrará se a corretora está melhorando, se ela responde a seus clientes e o grau de satisfação.

As principais exchanges do país, aquelas com grande volume de transações, geralmente mantém uma nota aproximada de 8,00.

Antes do boom do final de 2017 as notas eram maiores, mas a demanda por bitcoin foi tão alta que até empresas com bilhões de dólares investidos não deram conta de atender bem a todos.

3. Conheça a história da corretora de bitcoin

Muitas exchanges brasileiras contam com uma grande e às vezes quase épica história de fundação.

Procure por essa história, veja quando a exchange foi fundada, seus sócios e CNPJ. Uma exchange com 4 anos de experiência e atuação tem uma chances quase nulas de “sumir do mapa”.

Por fim, vale muito perguntar para comunidades sérias de Bitcoin, como o grupo Cointimes – Bitcoin no Brasil. Lá muitos membros poderão indicar quais exchanges eles usam e os motivos.

https://cointimes.com.br/as-7-principais-exchanges-de-bitcoin-do-brasil/

Gostou do conteúdo? Quer receber mais análises como essa? Então se inscreva no canal do Cointimes no Youtube e siga o FacebookTwitter e Instagram.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!