Finalmente o PIX , sistema de pagamentos do Banco Central do Brasil, começará a operar. Contudo, nem todos os possíveis usuários terão acesso a ele.

Segundo informações do BC, o novo sistema de pagamentos começa sua fase de pré-operação com alguns clientes seletos. As 762 instituições participantes terão que escolher entre 1% e 5% da sua base de clientes para iniciar esta nova fase. Apesar disso, todos os usuários com chave PIX já podem receber pagamentos, contudo, apenas alguns podem pagar.

A operação será restrita das 9 às 22 horas, funcionando também nos finais de semana e feriados. O Banco Central espera crescer essa base de usuários com acesso total gradualmente até o dia do lançamento em 16 de novembro. Os horários também serão aumentados na medida em que os testes acabarem.

Pix como funciona

Pressa para lançar?

Alguns usuários nas redes sociais acharam esquisito que o tempo de pré-teste seja feito apenas 12 dias antes do lançamento oficial. Segundo informações publicadas em primeira mão pelo Cointimes, o BC não tem um plano de auditoria de segurança externa para o novo sistema, nem mesmo equipe dedicada na área e muito menos um orçamento específico.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Veja mais: Pix não terá segurança dedicada e BC não se responsabilizará por hacks

Somando todos os fatores, parece clara a pressa do BC em lançar o PIX de uma vez por todas. É especulado que o lançamento do WhatsApp Pay foi um grande fator para incentivar o lançamento do PIX.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!