No final da tarde de ontem o mercado de criptomoedas foi pego de surpresa ao receber uma nota da CVM, ela suspendia as operações de captação e marketing da Atlas Quantum no Brasil.

Na nota, a CVM julga que a Atlas Quantum está fazendo um Contrato de Investimento Coletivo (CIC) ao ofertar seus produtos no Brasil, e , portanto é responsabilidade da autarquia regular esse tipo de prática:

“…. propomos ao Colegiado a edição de deliberação de suspensão de oferta pública de contratos de investimento coletivo relacionados ao emissor Atlas Quantum, sob cominação de multa, conforme minuta de deliberação em anexo.”

Se as atividades forem continuadas os sócios da Atlas sofrerão multas pesadíssimas no valor diário de R$100.000,00

“A CVM determina que todos os sócios, responsáveis, administradores e prepostos das pessoas jurídicas acima referidas se abstenham de ofertar ao público os mencionados Contratos de Investimento Coletivo, sem o devido registro (ou dispensa deste) perante a Autarquia, sob pena de aplicação de multa cominatória diária no valor de R$ 100.000,00”

A Resposta da Atlas

Em resposta, a Atlas soltou um comunicado em sua página oficial do Facebook que diz o seguinte: 

O Atlas Quantum informa que recebeu em 13/08/2019 as 19h10min um ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinando a abstenção da oferta pública de arbitragem no Brasil. Cumpriremos a determinação da CVM.

Interrompemos a publicidade no Brasil e continuamos a operar, atendendo a nossos clientes normalmente. Informamos que a distribuição de rendimentos, saques e depósitos continuam funcionando como de costume.

Acreditamos no mercado de criptomoedas e na democratização da geração de patrimônio. Adotaremos as medidas necessárias para reverter a decisão e construir um ambiente regulatório saudável aos investidores do país.

Resumidamente, as operações de captação de novos clientes e marketing estão suspensas, entretanto, as operações de saque e arbitragem continuam.

Investigações e suspeita de pirâmide

Não é de hoje que a Atlas Quantum se mete em polêmicas. Em abril deste ano, o Ministério Público pediu uma multa de R$10 milhões à Atlas em indenização após o vazamento dos dados de milhares de clientes.

O MP também disse que não descartava a possibilidade da Atlas atuar como um esquema de pirâmide à Bernard Madoff.

“Não se descarta a possibilidade de que as empresas, ao contrário do que afirmam, operem em um esquema de pirâmide financeira, nos moldes do investidor Bernard Madoff”, disse a promotoria do MP.

Na época a Atlas negou as acusações veementemente.

Reação da comunidade

A reação da comunidade foi mista. Muitos dos clientes da Atlas ficaram revoltados com a decisão da CVM. 

comentário sobre a Atlas quantum

Alguns citaram que ainda aguardavam um processo de auditoria, prometido pela empresa há quase 1 ano, mas nunca entregue ao público.

comentário sobre a Atlas quantum auditoria

De qualquer forma precisamos acompanhar de perto o que está acontecendo com a Atlas e quais serão os efeitos a médio e longo prazo no mercado brasileiro de criptomoedas.


Quer saber como fazer trade de altcoins sem precisar confiar em uma empresa? Comece com o relatório Cointimes Research | Altcoins, ele vai te mostrar as principais estratégias do mercado de criptomoedas.