Cointimes
Criptomoedas

Preço das placas de vídeo podem estar caindo por causa do Ethereum

Placas de vídeo para mineração

Mineração com GPU. Foto: Shutterstock

Os gamers podem agradecer ao Vitalik e a comunidade de Ethereum, pois a próxima grande atualização da rede, “O Merge” ou “Ethereum 2.0“, como era chamada anteriormente, pode continuar barateando as placas de vídeo.

De acordo com relatos de várias lojas em Huaqiangbei, na China, o preço da GPU vem caindo desde o início de 2022, atingindo o nível mais baixo nos últimos dois anos.

Huaqiangbei representa um dos maiores mercados de eletrônicos do mundo, o que significa que a queda dos preços pode ser refletida em outros países, especialmente se a tendência de baixa continuar.

Claro que há uma combinação de fatores para o desabamento dos preços das placas de vídeo, mas a diminuição da demanda por parte dos mineradores de criptomoedas é uma das mais relevantes, segundo o portal 8BTC.

Rig de mineração de ETH. Reprodução/Youtube.

A segunda maior criptomoeda do mercado, Ether (ETH), tem a sua mineração baseada em proof-of-work (PoW), assim como o Bitcoin (BTC), mas isso não vai durar muito tempo. Os planos de alteração para proof-of-stake (PoS), onde máquinas direcionando poder computacional à rede não serão mais necessárias, já estão nos últimos passos.

De acordo com o Ethereum.org, a previsão para a atualização está para o segundo trimestre de 2022. “[A atualização] elimina a necessidade de mineração com uso intensivo de energia e, em vez disso, protege a rede usando ether em stake. Um passo realmente empolgante na realização da visão do Ethereum – mais escalabilidade, segurança e sustentabilidade.”

Veja também:

Posts relacionados

Entenda a consulta pública da Receita Federal sobre operações de criptoativos no Brasil

Lucas Bassotto
13 de novembro de 2018

Investidores de Bitcoin hodlam 2x mais do que os de ETH

Gustavo Marinho
17 de setembro de 2019

Quem é Satoshi Nakamoto?

Neto Guaraci
17 de abril de 2018
Sair da versão mobile