Na tarde desta quarta-feira (24), o Bitcoin sofreu de uma queda de 3% da sua cotação. A provável razão disso é o aumento do fluxo mineradores/exchanges nesse período.

Esse indicador procura observar o envio de moedas de carteiras de mineradores para endereços de corretoras, que pode indicar a realização de lucro dos mineradores.

gráfico de bitcoin dos Mineradores para Exchanges
Bitcoin: Mineradores para Exchanges; Houve um novo pico recorde neste ano, conforme apontado no gráfico. Fonte: Glassnode

O gráfico da empresa de análise de blockchain Glassnode indica um fluxo de 2.935 BTC indo de mineradores às exchanges, com 2.650 dessas moedas destinadas à Bitfinex, durante essa terça; montante esse que só se equipara ao fluxo de 26 de março de 2019.

Logo em seguida, o Bitcoin caiu de cerca de US$ 9.660 para onde se encontra agora, em torno de US$ 9.260, uma queda de aproximadamente 4,2%.

BTC USD Tradingview
Preço do Bitcoin em dólar. Fonte: TradingView

“Grande pico nos outflows de mineradores da noite para o dia. O segundo maior desde que o #Bitcoin atingiu US$ 10k.

Estou esperando muitas vendas, começando em breve.”

Garner continuou a fazer uma série de tweets sobre como ele percebe a situação atual: “mesmo sendo massivamente bullish quanto ao Bitcoin, sinto que o próximo movimento vai ser para baixo”.

Leia mais: Mineradores Chineses: “Não vamos shortar, apesar dos tempos difíceis”