A BitcoinToYou, uma das mais antigas corretoras de bitcoin do Brasil, apresentou uma anomalia no seu ticker, mostrando o bitcoin como se custasse R$100 bilhões

No topo da página da BitcoinToYou a ordem maior “High” apresentava R$100 bilhões. Entretanto, no livro de ofertas não aparecia nenhuma ordem executado com um valor tão absurdo.

Falamos com o CEO da Bitcoin2You, André Horta, e ele disse que foi um bug já encontrado e corrigido na plataforma. Olhamos o book da corretora e realmente não encontramos nenhuma ordem com o preço do bitcoin a R$100 bi.

“Nós estamos testando aqui e encontramos essa falha. Mas não tem ordem executada, é só no ticker”, disse o CEO.

O bug ocorre uma semana depois que a exchange anunciou lançamento do seu novo aplicativo para Android e iOS.

Traders comprando a R$170 mil

Não seria a primeira vez que um trader compraria bitcoin a um preço absurdo. No próprio book da BitcoinToYou existem 4 compras acima da média nos últimos meses, a maior superando R$170 mil por bitcoin.

A venda de bitcoin por preços muito acima do comum acontecem quando um trader resolve comprar grandes quantidades do ativo com a ordem “a mercado” e a exchange não tem a liquidez necessária para comportar um pedido tão grande. Dessa forma, quem compra vai executando diversas ordens no book até chegar aos maiores preços. 

Em março, um investidor chegou a comprar 900 mil tokens da moeda ChainLink por apenas US$0,0001, quando a moeda estava sendo negociada a US$2 dólares poucos segundos antes. Esse comportamento não ocorre apenas no mercado de criptomoedas, é relativamente comum observamos o mesmo em corretoras de ações; é o chamado “flash crash”.

Para não comprar muito caro, o investidor deve colocar ordens como a de Limite, ela só é executada quando o preço chega a determinado patamar. Ou até mesmo ir comprando em pequenas quantidades. Se a ordem for muito grande, é possível fazer compras via OTC de bitcoin e ainda receber um preço menor e um atendimento especializado.