Nesta quinta-feira tivemos um ajuste de dificuldade no blockchain do bitcoin e acordamos com alguns dados onchain relevantes nas últimas 24 horas.

Ajuste de dificuldade no Bitcoin e preço

Como falamos no texto “Preço do Bitcoin pode ser afetado pelo ajuste de dificuldade na quinta-feira“, o ajuste de dificuldade de hoje poderia influenciar no preço do Bitcoin.

Nas últimas semanas temos visto a capitulação de muitos mineradores, que venderam 673 a mais do que mineraram. Ou seja, estão queimando as reservas para se manterem no mercado.

Com a queda de 9,13% na dificuldade, alguns mineradores poderão voltar ao jogo. Dando mais fôlego e talvez diminuindo o fluxo de venda dos bitcoins.

Vale lembrar que muitos mineradores estão com sérios problemas com o governo chinês e sofrem com grande incerteza sobre seus custos futuros.

Como resultado, a pressão vendedora seria diminuída. Por isso ficamos de olho nos noticiários chineses.

Dados onchain e preço no Brasil

Na útlima hora a rede viu um crescimento expressivo em todas as métricas, embalada por uma leve recuperação de preço que está de volta acima dos US$9700,00.

O preço do bitcoin no mercado brasileiro acompanha a alta e com média de R$50.555,28, de acordo com CointraderMonitor. O bitcoin no Brasil está sendo negociado 1,99% acima da média mundial, há dois dias essa diferença era de 1,79%.

Nesta manhã o dólar abriu em queda mas já recuperou espaço e está sendo cotado a R$5,10.

“Hoje teve o BCE anunciando aumento no seu programa de compras de ativos, e tudo isso é bom para os mercados e favorece uma abertura positiva, mas temos que reconhecer também que os mercados andaram muito nos últimos dias. É natural que haja realização, ainda mais com bastante incerteza no horizonte, aqui e lá fora.”

O arrefecimento das questões políticas no brasil e expectativas altas quanto a recuperação, ainda mais com o BCE aumentando seu Programa de Compra de Emergência Pandêmica em 600 bilhões de euros, tem animado os investidores.

Sempre é bom ficar de olho no dólar, pois muitas vezes ele tem uma influência maior no preço do bitcoin no Brasil do que qualquer outro fator.

Como falamos na última divulgação sobre os dados de rede, a Glassnode vê mais volatilidade enquanto as métricas onchain não se solidificarem. Já a análise dos colunistas do TradingView esperavam por uma tendência de baixa.

Altcoins

Já nos campos das altcoins a maioria está empatada com a alta do bitcoin. Com alta expressiva em relação ao BTC apenas da Cardano com +1,49%, Tezos (+1,79%) e Crypto.com Coin (+3,56%).

preço das altcoins
Preço das altcoins

Essa é uma visão geral da rede do bitcoin e do mercado em geral, fique atento para as principais notícias do dia no canal do Cointimes no Telegram.