O preço do Bitcoin chegou a alcançar US$9400 na Bitfinex após mais um anúncio de injeção massiva de dinheiro na economia da União Europeia.

O preço do Bitcoin subiu de US$~9100 para US$~9400 em menos de 60 minutos na manhã de hoje (21/07), no Brasil a criptomoeda alcançou novamente os R$50 mil. A principal notícia que pode ter influenciado o preço foi o anúncio de um plano de estímulo da UE de €750 bilhões.

A pressão bullish também está vindo dos resultados positivos nos testes das vacinas contra o covid19, fazenda as bolsas da UE, Estados Unidos e Brasil subirem. A correlação do bitcoin com o mercado de ações voltou a aparecer:

Bitcoin-S&P500 correlação

“Embora a correlação bitcoin e S&P 500 seja sempre um indicador muito bom do movimento do mercado, ela nunca mantém uma posição consistente. O Bitcoin se comporta mais como uma posição altamente alavancada e segue as tendências do mercado em oscilações mais voláteis e dramáticas”, disse Wayne Chen, CEO e diretor da Interlapse Technologies.

Entretanto, a Glassnode mostrou mais uma vez a perda do sentimento do investidor na semana passada, apesar da constante melhora nos fundamentos da rede.

Saúde da rede, liquidez e sentimento

Como resultado, a empresa de dados concluiu que há uma “barreira psicológica” bloqueando um movimento de alta mais acentuada.

“Mais uma vez, no entanto, o preço estranhamente estável do bitcoin lança dúvidas sobre sua capacidade de ultrapassar a marca de US$ 10.000. Enquanto os fundamentos da cadeia permanecem saudáveis e a liquidez geral do mercado de criptomoeda é alta, uma barreira psicológica parece estar bloqueando uma corrida de touros por enquanto.”, declarou a Glassnode.

Veja também: Investimento imobiliário global despenca em meio à pandemia de Covid