A mentoria do Mil ao Milhão do Primo Rico, um dos maiores canais de finanças do Brasil, vem desagradando alguns fãs, conforme mostram relatos no Reclame Aqui. O descumprimento de prazo para recebimento de livros e a falta de profundidade no conteúdo do curso são as principais reclamações.

Diversas publicações no Reclame Aqui.
Diversas publicações no Reclame Aqui.

Embora 52 reclamações já tenham sido respondidas, a maior parte delas sobre o não envio do livro físico segue sem suporte. Uma publicação mais recente, e ainda sem resposta, explica como foi o curso:

“Eu sou (era) um grande fã do Thiago Nigro, vulgo Primo Rico, conheci conteúdos de finanças através de seu canal no YouTube, […] ele disse que iria abrir a segunda turma de mentoria, e que todos que fizessem o pagamento antes das 6 iriam receber um livro (sementes da liberdade) autografado e tudo mais, comprei a tal mentoria, no valor de 1997,00, no qual paguei a vista. A partir daí começou algo estranho.

O livro autografado, depois de dois meses ainda não recebi, no grupo do facebook tem diversas reclamações disso, não que isso faça alguma diferença no conteúdo do livro, mas se não pode cumprir, porque combinar uma coisa?”

“Até aí tudo bem”, continua o relato de um cliente de São João da Boa Vista, que segue para detalhar como foi sua experiência no curso.

“mas ai começamos realmente a “mentoria” do tal, o conteúdo não é ruim, mas não tem nada demais dos seus vídeos grátis do Youtube, tudo muito raso, é um curso que ele gravou em 2018, sem atualização alguma ( visto que o mercado financeiro muda constantemente, sobretudo no ano de 2020), conteúdos sobre investimentos é fraco, o conteúdo de mindset é até razoável, chamado código da riqueza (mas também tem de forma gratuita no seu canal do YT).” 

O insatisfeito cliente também alega a falta do Thiago Nigro nas lives de “tira-dúvidas”, e critica a falta de didática da equipe. “Dois dias da semana tinham as tais “mentorias”, que nada mais eram que entrevistas de uma hora com algumas pessoas milionárias e até bilionárias, tudo sendo tocado por um outro rapaz, chamado Antonio, que não é ruim, mas é desorganizado e raso nas suas colocações, isso pra mim não é mentoria é uma pequena entrevista, coisa que o faustão faz a 30 anos na tv.“, disse ele.

Segundo o aluno da mentoria, o Primo Rico só apareceu de fato 3 vezes no curso, na live de abertura e de encerramento, e uma aparição surpresa para “dar bronca” em algumas pessoas que estavam criticando uma de suas funcionárias.

“Ele entrou na primeira semana em uma outra pequena live surpresa, no qual um dia antes, em uma “mentoria” uma funcionária do time estava com o filho, gritando, urrando, batendo na camera e etc, o pessoal reclamou, ele entrou para falar que faltava compaixão para alguns. ora bolas, se você mero mortal, em uma reunião na sua empresa, acontecer isso, o que eles vão dizer?”

Por fim, o aluno diz que estranhou o recebimento de uma nota fiscal de 197 reais pela mentoria de R$ 1997.

No entanto, a mentoria também teve diversas críticas positivas. Em um review publicado no Youtube, um aluno explicou pontos fracos e fortes do curso e concluiu recomendando o curso.