Recentemente a Apple atingiu um valor de mercado de 1 trilhão de dólares, o número pode parecer grande, mas o império de smartphones da maçã não se compara ao da maior empresa da história da humanidade.

Outras empresas como a Standard Oil e a China National Petroleum Corporation também já chegaram ao valor de 1 trilhão de dólares, mas nenhuma delas se compara a magnitude da Vereenigde Oostindische Compagnie (VOC). Combine a Amazon, Apple, ExxonMobil, Tencent, Wells Fargo e Berkshire Hathaway, junte todas e teremos $7,9 trilhões.

Quem era a VOC?

logo da marca VOC
Logo da Vereenigde Oostindische Compagnie

Para entendermos como uma empresa chegou a um valor de mercado maior do que a Apple, Google e Microsoft somados 3 vezes, precisamos voltar no tempo. Mais especificamente no ano de 1602. Nessa época as potências europeias estavam brigando pelo domínio do comércio global de especiarias (pimentas e temperos asiáticos).

Hoje pode não parecer muito, mas as especiarias foram de suma importância para melhorar a qualidade de vida dos europeus.

Elas conservavam ajudavam na conservação de alimentos, eram fontes de novas receitas e símbolo de status. Comprar e vender especiarias era um grande negócio que os recém formados estados-nação estavam de olho.

Um dos países mais prósperos da época era a Holanda, os governantes holandeses estavam preocupados com o aumento da influência inglesa no comércio de especiarias. Para competir com os ingleses, o governo resolveu criar a Vereenigde Oostindische Compagnie ou Dutch East India Company (VOC).

O primeiro IPO da história

Em pouco tempo a VOC começou a inovar e descobrir novos mercados. Uma de suas inovações foi no setor de finanças; ela foi a primeira companhia da história a ter ações negociadas em uma bolsa de valores, abrindo as portas para o período de globalização financeira.

Sua expansão foi rápida, em pouco tempo ela conseguiu estabelecer diversos postos de comércio na Ásia. O comércio passou de apenas especiarias para também ouro, prata, seda, algodão e produtos têxteis.

A VOC coin

VOC Coin

A ideia de uma companhia ter uma moeda própria não nasceu do Facebook, a VOC já tinha suas próprias moedas no século XVIII. Geralmente elas eram produzidas nos Países-Baixos e comercializada na Ásia.

A Vereenigde Oostindische Compagnie matinha sua logomarca nas moedas cunhadas, se tornando a primeira marca empresarial reconhecida mundialmente.

Para manter seguro tantos negócios, a VOC tinha seu próprio exército e até “diplomatas”.

Soldado militar do McDonalds
Já pensou se o McDonalds tivesse seu exército próprio?

Os $7,9 trilhões e a bolha das tulipas

Entre 1636 e 1638 acontecia a primeira bolha da história da humanidade, a conhecida bolha das tulipas. Nela, investidores compravam tulipas, ou contatos futuros de tulipa, esperando que alguém fosse comprar por um preço mais alto futuramente.

Vendo o aumento repentino no comércio de Tulipas, a VOC começou a fazer comércio das flores e investir no mercado futuro de tulipas. Foi nesse momento que a companhia foi avaliada em 78 milhões de Dutch Guilders, algo em torno de 7,9 trilhões de dólares.

Preço de negociação das tulipas

Esse foi o auge da VOC, seu tamanho se comparava a de impérios, seus exércitos podiam lutar contra as forças armadas de potências da época, como Espanha, Portugal e Inglaterra. De fato, eles ajudaram a limpar os portugueses da costa indiana.

Mas seu poder declinou com o tempo, a Dutch East India Company foi usada em diversas guerras que drenaram seus recursos, seu tamanho a tornou quase impossível de se administrar com eficiência, casos de corrupção começaram a surgir e a competição aumentou.  Aos poucos o maior conglomerado que a humanidade já viu virou pó.

Fontes:
Wikipedia – Spice Trade
Visual Capitalist – The Most Valuable Companies of All-Time
Dutch East India Company
China National Petroleum Corp
Batavia, DEI
The Company that owned a nation (or two)


QUER RECEBER ARTIGOS E NOTÍCIAS COMO ESSA DIARIAMENTE NO SEU E-MAIL?

INSCREVA-SE ABAIXO!

Prometemos não mandar spam, só conteúdo bom.