Com recorde de apreensão de algumas drogas e mantendo o ritmo de 2018, a Receita Federal conseguiu apreender quase 3 bilhões em produtos contrabandeados e drogas.

Os dados são do SindiReceita, o sindicato nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil. Contundo, esse ritmo de apreensão pode ser diminuído em 2020.

Recordes da Receita Federal

Talvez a Receita Federal seja o órgão mais competente do Estado brasileiro, com 2267 servidores eles conseguiram 2,95 bilhões em produtos contrabandeados e ilegais, com recorde em apreensão de cocaína.

receita federal apreensões

Entretanto, o resultado total é menor que o de 2018, quando a instituição apreendeu 3,15 bilhões.

mercadorias ilegais

Entre as mercadorias apreendidas em 2019, tivemos algumas máquinas para mineração específica de Bitcoin que foram a leilão em dezembro.

Menos servidores para 2020

Mesmo com esses resultados, 2020 será um ano de redução para os fusionários da Receita.

 “Entre 2019 e 2020 a redução orçamentária do órgão alcançará o percentual de 35%, passando de R$ 2,81 bilhões para R$ 1,82 bilhão, valor que remete a Receita Federal para o ano de 2013, quando o orçamento foi de R$ 1,74 bilhão”, diz o sindicato da Receita Federal com preocupação.

Com essa redução, os pontos fiscais nas unidades de fronteiras no Rio Grande do Sul serão fechados por falta de servidores. Já nos postos de fronteira em geral, após às 18 horas e nos finais de semana e feriados “não haverá mais o controle de bagagens, de viajantes, de mercadorias e veículos“.