Cointimes
Segurança

Renner é atacada por hacker que demanda US$1 bilhão

renner hackeada

A Renner sofreu nesta tarde de quinta-feira um ataque de ransomware que retirou do ar parte dos sistemas da companhia. A empresa confirmou o ataque em nota oficial aos acionistas.

LOJAS RENNER S.A.[…] vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, sofreu um ataque cibernético criminoso em seu ambiente de tecnologia da informação, que resultou em indisponibilidade em parte de seus sistemas e operação e prontamente acionou seus protocolos de controle e segurança para bloquear o ataque e minimizar eventuais impactos.” – informou Alvaro Jorge Fontes, diretor de relações com investidores.

Aplicativo, site e o sistema de registro de pagamentos estão offline. De acordo com relatos de clientes, algumas lojas físicas só estão aceitando dinheiro vivo.

Site oficial das Lojas Renner

Resgate de R$1bi  e pagamento de US$20 milhões

Informações de fontes não oficiais, negadas pela Renner posteriormente, disseram que a empresa pagou US$20 milhões em criptomoedas como resgate. Inicialmente o grupo de hackers teria pedido US$1 bilhão, mas após negociações o valor foi diminuído. 

As mesmas fontes informaram que os servidores Linux foram afetados, a equipe técnica passou a tarde tentando subir algum backup na Azure, mas até o momento da escrita desta reportagem os serviços continuam fora do ar. 

Geralmente, os resgastes de ataques de ransomware são pagos em bitcoin (btc) ou monero (XMR).  O Bitcoin tem a maior liquidez do mercado, facilitando a troca por outros criptoativos e o Monero a criptomoeda mais anônima e privada.

Acionistas da LREN3 podem perder milhões:

As ações da Renner (LREN3) fecharam o dia em alta, entretanto, no aftter market o preço o papel caia -1,9%, o equivalente a aproximadamente R$356 milhões em marketcap.

[Atualização] Renner nega que tenha pago U$20 milhões:

A assessoria de imprensa da Renner entrou em contato conosco às 22:00 de hoje (19/08) e negou a informação publicada anteriormente na matéria de que a empresa teria pago US$20 milhões aos hackers.

**Ainda aguardamos mais detalhes sobre o ocorrido e vamos atualizar a matéria conforme novas atualizações forem surgindo sobre o caso.

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Sair da versão mobile