Quais são os motivos para ainda acreditar no futuro da Nano?