Presidente russo disse em entrevista que está pronto para uma nova crise dos mísseis caso os EUA queiram uma.