Coingoback

Depois de ser apontado como um dos causadores da queda do preço do bitcoin, Elon Musk voltou a comentar sobre o gasto energético do bitcoin, mas agora de uma maneira positiva.

Ele revelou nesta tarde de segunda-feira (24) que se reuniu com mineradores norte americanos sobre o uso de fontes renováveis de energia. De acordo com Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, que também estava presente, executivos de 8 grandes mineradoras concordaram em estabelecer uma organização para padronizar os relatórios de uso de energia.

“Eles se comprometeram a publicar o uso renovável atual e planejado e a pedir aos mineradores ao redor do mundo que fizessem o mesmo. Potencialmente promissor.”, disse Elon Musk.

Para Saylor, é positivo que os mineradores estejam comprometidos a acelerar iniciativas sustentáveis, além de ajudar a educar e crescer o mercado de forma geral.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Anteriormente, o CEO da Tesla e Space X, Elon Musk, havia criticado o Bitcoin por conta do massivo gasto energético da rede, especialmente quando o carvão era a fonte de energia utilizada.

Essa crítica discutivelmente fraca, perde ainda mais força após a China começar a discutir o banimento da mineração de bitcoin no país. Nic Carter, fundador do Coin Metrics, comentou como a notícia pode ser, na verdade, muito positiva.

Além de tornar o hashrate mais descentralizado ao redor do mundo, a China é a principal responsável por usar fontes não renováveis de energia para a mineração de bitcoin. O jornalista local Wu Blockchain já reporta que diversos mineradores chineses estão investindo em outros locais do mundo.

Tesla de olho no Bitcoin de novo?

Em nota da Tesla de 12 de maio, a empresa suspendeu os pagamentos em bitcoin citando preocupações com o “aumento do uso de combustíveis fósseis para mineração de bitcoin e transações, especialmente carvão, que têm piores emissões que qualquer combustível.”

Ao fim do recado, porém, a empresa deixa claro que pretende voltar a usar a criptomoeda para transações, “assim que a mineração fizer uma transição para energias mais sustentáveis”.

E é exatamente esse o movimento que estamos vendo agora, e Elon Musk fez questão de tuitar sobre. Veremos o quão impactante será esse tweet para o mercado de criptoativos.

No momento em que essa matéria é escrita, o bitcoin é negociado por volta de US$ 39.243,77 com alta de 15,48% nas últimas 24 horas.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!