Coingoback

A Uber pode ser a mais nova empresa multinacional a integrar Bitcoin e criptomoedas ao seu ecossistema. O CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, em uma recente entrevista para o Squawk Box da CNBC, disse que a empresa está considerando aceitar o pagamento das corridas e entregas de comida em criptomoedas.

Assim como aceitamos todos os tipos de moeda local, vamos analisar as criptomoedas e/ou Bitcoin em termos de moeda para transações. Isso é bom para os negócios, é bom para nossos passageiros e comedores [usuários do Uber Eats].

No entanto, Dara deixou claro que não há intenção da empresa em seguir os passos da Microstrategy e da Tesla e colocar bitcoin no seu caixa como estratégia de tesouraria.

Foi uma conversa que aconteceu e foi rapidamente descartada. Vamos manter nosso dinheiro seguro. Não estamos no negócio de especulação.

O fundador da Morgan Creek Digital e entusiasta do Bitcoin Anthony Pompliano fez um tweet provocativo afirmando que a Uber não tem lucros para investir em Bitcoin. 

Contudo, segundo a revista Forbes, a Uber possuía no final de 2020 US$7,8 bilhões em caixa e investimentos de curto prazo em seu balanço. Porém, a empresa carregava até o início de 2020 uma dívida de cerca de US$5,7 bilhões, acrescidos de anos consecutivos de prejuízo em suas operações.

O ano de 2020 prometia ser o momento em que a empresa finalmente se tornaria lucrativa. Contudo, a estratégia da empresa foi frustrada devido a diminuição na arrecadação provocada pela pandemia. Por outro lado, houve um aumento nos pedidos de delivery, diminuindo um pouco o prejuízo da empresa em comparação a 2019.

Você usaria seus satoshis para pagar o Uber? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Leia mais: Banco mais tradicional dos EUA revela planos com Bitcoin e outros ativos digitais

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br