Dê uma olhada nesses endereços de Bitcoin

1EMBARraSSABLezwXrdWu1dDAVMMdJ7Ci2

1NiNja1bUmhSoTXozBRBEtR8LeF9TGbZBN

1andreas3batLhQa2FawWjeyjCqyBzypd

1234mNnAPb8YnCsbacaNhB4BqwxB4U4321

Percebe algo peculiar? Por mais que funcionem como qualquer outro endereço Bitcoin, estes têm uma característica especial: são endereços personalizados pelos seus donos. Ao deparar-se com estes endereços, é possível perceber as peculiaridades de cada um: no primeiro podemos ler “embarassable”, uma palavra em inglês de 13 caracteres. Na segunda e terceira, é possível identificar palavras menores como “ninja” e “andreas”. No último endereço, temos uma espécie de palíndromo, o endereço começa com “1234” e termina com “4321”.

O fato é que não há como ter certeza de que esses endereços foram propositalmente gerados por seus detentores a não ser que eles venham a público corroborar essa hipótese. Sem isso, podemos apenas deduzir logicamente que é mais provável que o endereço tenha sido deliberadamente “construído” do que aleatoriamente obtido e utilizado. Em alguns casos é possível comprovar a hipótese: já é de conhecimento público (https://blockchain.info/pt/address/1andreas3batLhQa2FawWjeyjCqyBzypd) que o endereço iniciado em “1andreas” pertence ao famoso autor e divulgador Andreas Antonopoulos e ele mesmo já anunciou que o endereço foi gerado propositalmente:

Esse tipo de endereço é conhecido como​ vanity wallet, ou em tradução livre: “carteira vaidosa”, uma carteira Bitcoin deliberadamente construída para ter características alfanuméricas premeditadas pelo seu portador. Outros diversos exemplos podem ser encontrados e facilmente identificados simplesmente ao procurarmos padrões em endereços.

1​woukheyeacxfpxtpkxjqxureevdkbywj​ – maior endereço com letras minúsculas

144187999121393192​DxViqQKPPrghj9M3​ – maior sequência de números no endereço

Mas como são geradas as ​Vanity Wallets?

Para alguns, gerar um endereço premeditado pode parecer mágica, mas para qualquer um que entenda o funcionamento da rede Bitcoin e como se dá a construção de endereços, a resposta é óbvia. Um endereço nada mais é do que o resultado de um processo de hashing criptográfico complexo de uma chave pública convertido para um formato alfanumérico usando o Base58Check para remover caracteres indesejáveis (0,O,I,l) e transformar a informação em texto legível e compatível com serviços de e-mail. Sabendo disso, como podemos saber qual a chave pública que produzirá o endereço Bitcoin desejado? A resposta é que não há como saber. Assim como no processo de validação de blocos, a geração de um ​vanity address passa pelo processo de tentativa e erro, podemos até dizer que esses endereços, assim como os blocos da rede, são também “minerados”.

Alguns endereços com uma sequência predefinida de caracteres menor pode ser gerada no seu computador de casa, enquanto aqueles com grandes sequências podem chegar a ser “encomendados” por até 0.14 BTC (https://bitcoinvanitygen.com/).

Como gerar meu ​Vanity Address?

Você pode fazer o download do software aqui (​https://github.com/samr7/vanitygen​) ou encomendar seu endereço através do site (​https://bitcoinvanitygen.com/​). É importante lembrar que ao “comprar” um endereço de terceiros, o que estará sendo negociada é uma chave privada e, portanto, o processo em si já possui uma brecha de segurança significativa. Gerar o seu próprio endereço é a melhor opção caso você deseje premeditar apenas alguns dígitos. É importante lembrar que a dificuldade de achar um endereço aumenta exponencialmente obedecendo a seguinte regra, o número de tentativas que seu computador terá que fazer será igual a 58 elevado ao número de caracteres premeditados.