Em agosto, Raoul Pal, o CEO da Real Vision, revelou que acha que suas posições no Bitcoin são “irresponsavelmente altas”. Isso aconteceu depois que ele anunciou publicamente que aumentaria sua exposição pessoal à classe de ativos para 25%. Desde então, os investidores constantemente perguntam a ele sobre o tamanho de sua posição, tentando avaliar onde o veterano de Wall Street está com o Bitcoin.

Em 8 de setembro, Pal disse que está “acima de 50%”, referindo-se ao percentual de sua carteira que está atualmente em BTC. Esse comentário foi feito em resposta aos seus seguidores que disseram ao ex-diretor de vendas de fundos de hedge da Goldman Sachs que ele deveria seguir o exemplo de Anthony Pompliano.

Pompliano, um ex-líder da equipe do Facebook e investidor de criptomoeda, foi à CNBC dizendo que tem 50% de seus ativos em Bitcoin. A razão pela qual Pal está tão otimista é que ele vê as tendências macroeconômicas em curso sustentando o crescimento do Bitcoin.

Comentando sobre falas do Federal Reserve, o investidor disse:

A maioria das pessoas não o entende, mas simplesmente, Powell mostrou que há tolerância ZERO para a deflação, então eles farão QUALQUER COISA para pará-la, e isso é bom para os dois ativos mais sólidos – ouro e Bitcoin. Powell QUER inflação. Eu não acho que ele conseguirá um impulso real de inflação, mas ele obterá uma desvalorização fiat, em conjunto com os outros bancos centrais, todos na mesma missão.

Pal acrescentou em uma análise separada que é provável que o Bitcoin seja o único ativo que vale a pena possuir.

Longe de ser o único Touro de Wall Street

Pal está longe de ser o único veterano de Wall Street que está extremamente otimista com o Bitcoin no momento. Mike Novogratz, Arthur Hayes e Dan Morehead estão entre aqueles que recentemente dobraram na criptomoeda líder, apesar de muitas incertezas.