Cointimes
Altcoins

Ripple: O que é? Como funciona a XRP? Onde comprar?

ripple criptomoeda

XRP, conhecida como Ripple, é um dos vários produtos da empresa Ripple Labs .Inc. Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a criptomoeda, qual a história dela, casos de uso e para entendê-la precisaremos entender os produtos da Ripple Labs.

Vamos passar por dúvidas quanto a descentralização da moeda, o sistema de consenso e qual a utilidade dela nos produtos da Ripple Labs.

História

Para entendermos o papel da  XRP, precisamos saber a história da companhia que desenvolveu o protocolo e as ideias dela.

A empresa Ripple como vemos hoje nasceu em 2012, inspirada pelo Bitcoin e pela RipplePay. Esta última empresa foi desenvolvida em 2004 com a missão de facilitar o processo de liquidação e criação de assets digitais.

Chris Larsen, co-fundador da Ripple, explica um pouco mais sobre esta história interessante.

Perceba que desde o inicio a Ripple foi sempre focada em soluções para os negócios e bancos. Esse modelo se mantém até os dias de hoje.

Preço do Ripple XRP

Abaixo você vai poder ver a cotação do XRP Ripple em Real:

Como comprar Ripple?

Atualmente é possível comprar Ripple com Bitcoin, Ethereum e Tether em exchanges estrangeiras como a Binance, Bittrex e Poloniex. O problema é que o suporte delas não é em português, então se você precisar de ajuda, já sai em desvantagem.

No Brasil é possível comprar Ripple XRP com Reais (R$) na Foxbit, que é uma das exchanges mais confiáveis do Brasil e com um bom volume de moedas, que permite uma liquidez melhor.

Tecnologias

A empresa Ripple criou vários produtos desde a sua fundação, todos eles fazem parte de um ambiente maior, a chamada RippleNetwork (o conjunto de produtos da empresa). A criptomoeda XRP está inserida e é parte importante no ambiente de produtos, neste tópico vamos ver os principais produtos e como a XRP age em cada um deles.

São 4 os produtos apresentados pela Ripple, o primeiro é o  xCurrent, temos também o xRapid, xVia e por fim o XRP. Todas essas soluções se resumem a RippleNet.

xCurrent

O sistema xCurrent é uma ledger(um tipo de blockchain) chamada de Interledger, ele não opera com a mesma tecnologia da XRP.

Interledger foi criada pela Ripple Labs, porém não pertence a ela, pois ela está sendo usada pelo W3C para o desenvolvimento de uma solução aberta para pagamentos entre diversas moedas.

Ser interoperável  é o objetivo do sistema, por isso, com ele é possível trocar diversos ativos, de dólares, bitcoins até mesmo XRP. Apesar do sistema também poder utilizar XRP, não é uma condição necessária para seu funcionamento.

xRapid

O xRapid é simplesmente o uso da criptomoeda XRP no sistema xCurrent, ganhando um novo nome.

A solução xRapid permite que você liquide os pares XRP/USD, XRP/JPY e outras moedas nacionais rapidamente. Incluindo moedas digitais, os bancos conseguem eliminar algumas dificuldades burocráticas de seus sistemas (contas vostro e nostros para os mais chegados ao sistema bancário).

Diversas empresas estão interessadas e fazendo testes com a rede, dentre elas Moneygram e segundo tweet de janeiro deste ano, três das top 5 empresas que mais transferem dinheiro no mundo estão fazendo testes pilotos.

xVia

xVia é a interface de pagamentos de toda a rede Ripple, ela pode trabalhar tanto com a XRP quanto com outras criptomoedas e ativos digitais.

Ela é como o WhatsApp, por fora é apenas um aplicativo de mensagem, internamente todo o trabalho de criptografia, roteamento e envio de dados são feitos em “segredo”.  Empresas como MoneyMatch, UniPay, RationalFX e Exchange4Free já usam a solução.

O xVia te dá uma API aberta para que você construa sua infraestrutura de pagamentos utilizando a RippleNet.

XRP a criptomoeda da Ripple Labs

O produto mais conhecido pela comunidade é a criptomoeda XRP, ela foi criada para facilitar a liquidação de ativos dentro do sistema Ripple. A ledger que roda XRP é extremamente eficiente, se compararmos com o bitcoin vemos uma enorme diferença de capacidade.

Como pode ser visto acima, a rede Ripple consegue atingir cerca 1.500 transações por segundo (tps), o bitcoin por sua vez aguenta apenas de 3 a 6 tps quando colocado em stress e em um ambiente controlado.

XRP é centralizado?

Para atingir tal nível de eficiência foi necessário abrir mão de descentralização, resiliência e diversidade. O blockchain da XRP, chamado de XRP Ledger Consensus Protocol (XRP LCP), funciona de uma maneira diferente daquela utilizada pelo bitcoin.

Os dois “blockchains” trabalham para solucionar o mesmo problema, evitar gasto duplo e que agentes maliciosos possam modificar ou paralisar o sistema. No caso do XRP LCP isso é feito por meio de nodes escolhidos, a chamada Unique Node List, esses nodes votam para adicionar as transações no “blockchain”.

Além dos nodes validadores, há também os chamados “tracking nodes”, eles ajudam na resiliência da rede, guardam o blockchain, dão acesso e transmitem as informações na rede. Atualmente há um total de 50 nodes funcionais e qualquer pessoa com recursos pode se tornar um tracking node.

Para se tornar um full node é necessário um servidor com pelo menos 8 gigas de ram e mais de 12 teras de armazenamento, com pelo menos uma expansão de 8 gigas diários. Olhando esses dados parece que escalar outros blockchains “on chain”  não é a melhor solução quando falamos em descentralização (veja o post sobre Bitcoin Cash para entender mais).

A quantidade de nodes na rede é pequena se comparada a outras criptomoedas, entretanto os desenvolvedores da XRP LCP já imaginam a criação de outro protocolo, dessa vez mais descentralizado mas mantendo o mesmo nível de tps.

Emissão dos tokens Ripple

Diferente do Bitcoin, no qual os tokens são criados como recompensas e as taxas são pagas aos mineradores, XRP teve todas moedas criadas no seu lançamento.

São 100 bilhões de moedas, criadas em 2013 e distribuídas de uma forma bem controversa. 20 bilhões foram garantidos aos fundadores do projeto e 80% do total está nas mãos da empresa.

Para evitar a ideia de que a Ripple Labs poderia influenciar diretamente nos preços de mercado da XRP, em maio de 2016, eles criaram uma escrow criptográfica que envia para o mercado 1 bilhão de XRP mensalmente. O seguinte gráfico mostra a distribuição desses fundos ao longo do tempo.

O processo de distribuição é explicado no blog da Ripple.

Recomendações

A rede Ripple é uma grande candidata a substituir o sistema bancário tradicional, onde métodos arcaicos como o sistema SWIFT reinam, apesar das altas taxas e tempos de respostas medievais.

Agora, não confunda a rede Ripple com a moeda XRP, apesar de serem produtos entrelaçados eles são independentes.

Há muitas vantagens de se utilizar a XRP, baixas taxas, tps alto e futuramente uma rede mais descentralizada e resiliente são as principais. Entretanto, os grandes bancos estão de olho no xCurrent, se para isso será necessário utilizar XRP pouco importa para eles.

Outro ponto preocupante é a centralização tanto dos tokens, quanto do sistema em si, apesar da Ripple Labs ter criado algumas soluções ainda não é o suficiente para que o sistema seja minimamente autônomo da empresa.

Mesmo com os pontos fracos, é válido destacar que a ideia principal de modernizar o sistema bancário está sendo bem executada. As empresas já citadas aqui, bancos como Santander, enormes corporações como a Microsoft e organizações não governamentais como a W3C testam esse novo ambiente  e esperam enormes ganhos quando ele for implementado.

Por fim, comprar ou não? Isso depende da sua filosofia e visão de mercado, vale a pena investir em um ativo que não é necessário mas que pode levar rapidez para o ecossistema? No longo prazo, você confia no sistema deles? Essas são perguntas essenciais antes de fazer qualquer investimento.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Posts relacionados

O que é BAT? Token que te paga para navegar na internet

Neto Guaraci
27 de setembro de 2021

Dados mostram que Ripple (XRP) está ficando mais descentralizada

Cointimes
15 de outubro de 2019

Um olhar completo sobre as stablecoins

Neto Guaraci
11 de agosto de 2018
Sair da versão mobile