Breaking News  
5 formas de conseguir renda passiva com investimentos tradicionais e criptomoedas Investimentos

5 formas de conseguir renda passiva com investimentos tradicionais e criptomoedas

Ganhar dinheiro enquanto dorme, é possível?

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Viver de renda passiva é o sonho de muitos brasileiros, entretanto, como fazer isso? Neste artigo vamos mostrar alternativas para conseguir alguma renda passiva, usando ideias tradicionais e até criptomoedas.

Mas antes disso, vamos explicar o que é renda passiva. Bom, a renda passiva é o resultado de um retorno de dinheiro, requerendo o mínimo de esforço para quem recebe mantê-lo.

É necessário um esforço no começo, mas depois os recursos continuam rendendo por si mesmos. Em uma analogia simples, é como se você tomasse a iniciativa de plantar a semente e depois precisasse apenas esperar a hora da colheita dos frutos.

Calma, com os exemplos abaixo você vai entender e quem sabe começar sua caminhada para a liberdade financeira.

5. Fundos Imobiliários

Quando você investe em fundos imobiliários isso significa que você terá participação (quotas) em grandes imóveis, como shoppings, armazéns, hospitais, ou, papéis ligados a renda crédito imobiliário como é o caso da LCI.

Há fundos tijolos (que investem em prédios), fundos de papel ligados a LCI/CRI e fundos híbridos contendo as duas opções. Antes de investir é bom entender em qual fundo você está alocando seu capital.

LCI e LCA: Entenda como funciona

Quando alguém aluga um desses imóveis você recebe uma porcentagem do valor, claro, de acordo com o quanto você investiu. O retorno desses fundos se dá de acordo com os níveis de vacância, ou seja, se o imóvel foi ou não alugado.

4. Invista seu tempo na criação de e-books

Os e-books são uma ótima forma para você conseguir uma boa renda passiva. Escrever tutoriais, livros sobre algum assunto que você domina ou até mesmo adaptações de obras com copyrights já vencidos.

Você não precisa escrever um livro extremamente longo para conseguir gerar algum valor para outra pessoa.

Para publicar seu livro não é mais necessário passar por grandes editoras, você consegue publicá-los de graça na Amazon, Lulu e outras plataformas online.

Para cada venda na Amazon você recebe cerca de 80% do valor da compra, em troca, a empresa deixa seu livro online e oferece uma ótima plataforma para publicação e divulgação do seu trabalho.

3. Artigos online

A venda de produtos online pode ser uma bom negócio e muitas vezes você não precisa nem ter o produto em estoque.

Vendas de artigos online, principalmente em pequena escala, exigem pouco investimento e são  uma ótima opção para quem precisa de uma renda extra.

Além do tradicional Mercado Livre, há outras formas de vender seus artigos, como a plataforma Shopify e até algumas mais inovadoras como o OpenBazaar.

No Mercado Livre, em breve, você poderá sacar o valor da sua venda em bitcoins e com o OpenBazaar a opção já padrão.

2. Receba dividendos

Todas as empresas listadas em bolsa, com situação financeira estável, são obrigadas a pagarem dividendos para seus acionistas.

Vale ressaltar que as empresas brasileiras pagam poucos dividendos, em 2015 o retorno médio das empresas do Ibovespa foi de apenas 3,75% durante todo ano.

Claro, há exceções, o acionista da Eztec ganhou com dividendos e juros sobre capital próprio em relação ao valor da ação 24%, a Comgas 23,05%.

É interessante analisar o cashflow da empresa e também o estatuto societário, ele define o mínimo que a empresa deve pagar para o acionista.

1. Masternodes de criptomoedas

Nós discutimos um pouco sobre masternodes no podcast sobre mineração, vale a pena ouvir:

Conexão Satoshi #02 – O jogo da mineração

Se você não sabe o que é um masternode, é um computador na rede de uma determinada criptomoeda que faz algumas funções especiais. Por exemplo, na criptomoeda Dash os masternodes são responsáveis pela criação de transações mais privadas.

Segundo o site masternodes online, a moeda SmartCash teve um ROI de 28%, os nodes da Dash tiveram um retorno de 7,26% e os da PIVX 8,82%.

Antes de escolher uma moeda para criar um masternode, é bom olhar a equipe de desenvolvimento, se a proposta de valor da moeda faz sentido e qual o histórico no mercado.

Para criar um masternode, geralmente é necessário uma boa quantidade de criptomoedas, que servem como colateral para a prestação de serviços. Para criação de um node na Dash é necessário um investimento de pelo menos 828.591 reais (na cotação de hoje), já um masternode da PIVX custa 50.000,00 reais.

O melhor lugar para comprar comprar grandes quantidades de criptomoedas para monter seu masternode é por meio de uma mesa de operações (OTC) de ativos digitais. Como explico no post abaixo:

Mercado Balcão de Bitcoin (OTC) – Veja o que é

Quer receber mais conteúdos sobre investimentos? Se inscreva no canal do Cointimes no Telegram, é só acessar https://t.me/newscointimes.  Se mantenha atualizado também pelo – FacebookTwitterInstagram.

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Sou estudante de Gestão de Negócios e Inovação na Fatec-Sebrae. Trabalho na Foxbit, ajudo na criação de conteúdo. Amo falar sobre criptomoedas, liberdade financeira e empreendedorismo. Se você também gosta, entre em contato. :)