Tim Cook, diretor executivo da gigante de tecnologia Apple, disse que a empresa não pretende lançar sua própria criptomoeda.

“Eu realmente acho que uma moeda deve ficar nas mãos dos países. Não me sinto à vontade com a idéia de um grupo privado configurar uma moeda competitiva ”, disse Cook em entrevista ao jornal financeiro francês Les Echos, publicado sexta-feira.

No mês passado, a vice-presidente da Apple Pay, Jennifer Bailey, disse que a empresa está “assistindo a criptomoedas”, pensando que é “interessante” e que tem “potencial a longo prazo”. Mas Cook parece ter deixado essa opção de lado.

Apple fora da revolução

Ele disse: “A moeda, como a defesa, precisa ficar nas mãos dos países, esse é o coração de sua missão”, acrescentando: “Elegemos nossos representantes para assumirem suas responsabilidades governamentais nessa direção. “

Enquanto o Facebook, a Visa e Telegram exploram a separação da moeda com o Estado, parece que a Apple é mais convencional nessa área. A época em que a empresa era contra o Grande Irmão se foi.

Apesar disso a maçã vem explorando a tecnologia blockchain. No início deste ano, a gigante delineou sua meta de fornecimento responsável de minerais via blockchain, estabelecendo algumas diretrizes.

Adaptado de TheBlock.