Para quem não conhece, o Wechat é o aplicativo principal de qualquer cidadão chinês. Nele é possível fazer pagamentos, enviar e receber mensagens, pegar o Uber chinês, além de dezenas de outras funções.

O modelo chinês está sendo copiado e várias companhias ocidentais querem ser o Wechat do Ocidente, vejamos os principais competidores até agora.

Facebook e seu império social

facebook e google pagam dividendos

O Facebook chegou a contratar 50 engenheiros para adicionar um sistema de pagamentos aparentemente baseado em blockchain.

Nas últimas horas Mark Zuckerberg publicou que o império do Facebook – composto pelo Instagram e WhatsApp – iria ser integrado.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Mandar dinheiro entre redes sociais, criar eventos, grupos, stories e enviar dinheiro. Essas serão as funções do futuro Facebook. E Mark até prometeu certo nível de privacidade.

Elixxir, o velho novo competido

david chaum
David Chaum, criador do DigiCash

Você conhece David Chaum? Não? Ele simplesmente foi o criador do primeiro dinheiro digital completamente funcional. É um gênio da matemática. Apesar disso, seu dinheiro digital falhou!

Mas ele está de volta e agora quer criar um killer app chamado Elixxir. O que é isso? É um aplicativo de envio de mensagens, dinheiro e criação de aplicativos descentralizados em blockchain.

David diz ter inventado o primeiro blockchain realmente escalável. Será? Seu Killer App ainda está em fase de testes, mas gera muitas expectativas.

Telegram e o império russo

Pavel Durov, criador do Telegram

Diretamente da Rússia, o Telegram é o mensageiro que compete com o WhatsApp. Mas se engana quem acha que ele é só isso;

Mesmo não contando com o poderio econômico do Facebook, o Telegram apresenta milhares de funções a mais, incluindo uma plataforma de identificação para KYC.

A empresa tem uma pegada mais volta a privacidade. Pavel Durov, o criador do serviço, é um refugiado russo e inimizade do ditador presidente Vladmir Putin.

No ano passado eles começaram o desenvolvimento de uma criptomoeda, que parece estar 90% pronta.

O Telegram será um mensageiro, que você poderá usar para se identificar em qualquer serviço financeiro e também um meio de envio de remessas.

“WeSnapchat”

snapchat

Se perguntou porquê o WeChat não decolou no Ocidente? O diretor de estratégia da empresa disse que no ocidente “a publicidade é mais cara e menos eficiente, está sendo difícil conseguir avançar”.

O que fazer? Comprar parte de um aplicativo com boa entrada no ocidente, foi o que fez a Tencent, empresa dona do WeChat e de meio mundo. Qual app? O Snapchat.

É bem possível que nos próximos anos o know-how do WeChat seja transferido para o Snap. Poderemos ver uma Snapcoin, assim como há a QQ Coin no Wechat.

Tudo bem centralizado e muito monitorado. A eficiência e os dados são o que mandam, nada desse papinho de privacidade e blockchain do Telegram ou Facebook.

Magazine Luiza

Magazine Luiza

Um dos maiores e-commerces do país tem planos para criar um super aplicativo à WeChat.

Eu também fiquei surpreso, mas descobri o Luiza Labs, um centro de inovação que está fazendo o varejista ter resultados positivos consistentes.

Segundo a Infomoney eles querem criar um aplicativo digital para pagamento de contas, recarga de celular, compra de serviços de transporte, jogos e rede social.

Quem você acha que será o WeChat do ocidente? Deixe sua opinião nos comentários.

Este tipo de conteúdo é relevante para você ou alguma pessoa que você conhece? Se for, siga e compartilhe a página do Cointimes e se mantenha sempre atualizado no mercado – FacebookTwitterInstagram.



BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!