Coingoback

Ao falar sobre as opiniões dos Estados Unidos sobre as moedas digitais de bancos centrais (CBDCs), o presidente do Fed, Jerome Powell, observou que a abordagem chinesa não funcionaria nos Estados Unidos.

O presidente do Federal Reserve destacou que os EUA não irão apressar seu próprio projeto de moeda digital, apesar dos rápidos avanços da China. Ele revelou que a abordagem do CBDC empreendida pelo país asiático não terá efeito nos EUA.

Veja também: O Bitcoin salvará os bancos – Entenda como

CBDC da China não funcionará nos EUA

Com o tópico em rápida expansão das moedas digitais de banco central em inúmeros países, a maior economia do mundo ainda não apresentou uma posição definitiva. Embora o dólar americano continue a ser a principal moeda de reserva, a posição da nação pode ser desafiada se ficar para trás nesse quesito.

No entanto, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, destacou mais uma vez que os EUA não podem se dar ao luxo de apressar o projeto. Além disso, ele dobrou em uma afirmação anterior indicando que o país tem a responsabilidade de “fazer certo” em vez de fazer “rápido”.

O presidente do banco central americano também observou que o modelo chinês de digitalização de seu yuan não funcionará corretamente nos Estados Unidos, pois os dois países são muito diferentes e exigem abordagens distintas:

“A moeda que está sendo usada na China não é a que funcionaria aqui. É uma que realmente permite que o governo veja todos os pagamentos para os quais é usada em tempo real.”

Powell também informou que o banco central dos EUA está em posição de reserva em relação a um possível CBDC. Em suas palavras, a instituição precisa se familiarizar com a tecnologia por trás do projeto. O produto final deve ser compreensível para cidadãos americanos e também para pessoas em outros países que dependem do dólar.

Abordagem da China para sua CBDC

Enquanto os EUA continuam estagnados, a China já está executando programas-piloto para analisar o yuan digital. Relatórios mais recentes até sugeriram que a segunda maior economia do mundo planeja permitir que atletas e turistas do exterior usem a moeda digital chinesa durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 2022.

Apesar do avanço chinês no mundo da moeda digital, algumas autoridades do mercado compartilharam da opinião de Jerome Powell de que a corrida para o yuan digital pode não fornecer os resultados esperados. Karl Schamotta, estrategista-chefe de mercado da Cambridge Global Payments em Toronto, comentou:

“Você está olhando para uma moeda que essencialmente não terá anonimato e estará estritamente sob o controle do estado.”


Leitura recomendada: Fernando Ulrich: “Criptomoedas estatais” representam um controle Orwelliano


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!