Após três meses em uma tendência de baixa persistente, o mercado recuperou o fôlego, com a criptomoeda de maior capitalização de mercado sendo negociada acima do nível psicológico de US$ 40 mil.

Diferente do cenário da semana passada, o BTC acumula 16,64% de alta em 7 dias, de acordo com o Coingolive

De acordo com a mais recente análise on-chain da Glassnode, o mercado continua “pesado” na distribuição de moedas, com mais de 25% de todo o suprimento com perdas não realizadas.

Preço do BTC/USD: US$ 44 mil - Fonte: Coingolive.com
Preço do BTC/USD – Fonte: Coingolive.com

Durante esse ano e o ano passado, a faixa de preço de US$ 30 mil a US$ 40 mil provou ser um nível de suporte robusto para os touros do Bitcoin.

Esse intervalo foi defendido bravamente após a drástica queda de mais de 50% entre maio e julho, que forneceu suporte na correção de setembro e voltou a ser uma fonte de suporte de oferta nos dois primeiros meses deste ano. 

Comportamento on-chain

Pela primeira vez desde o final de novembro, os detentores de curto prazo (STHs) registraram um dia lucrativo, como mostra a Glassnode: 

“O [índice] STH-SOPR quebrou acima de 1,0. Isso indica que as moedas que foram gastas e com menos de 155 dias obtiveram lucros agregados nesta semana”. 

As sardinhas já nadaram por mais de dois meses realizando perdas todos os dias, agora está na hora de surfar em ondas ascendentes:  

“Um padrão STH-SOPR semelhante pode ser visto em duas instâncias desde março de 2020. Após um longo período de perdas, o mercado conseguiu entrar em uma tendência de alta, com um novo teste STH-SOPR de 1,0 para confirmar.”

glassnode Análise on-chain

Caso este indicador suba novamente, isso indica níveis de lucratividade saudáveis e absorção do fluxo de demanda por moedas. 

Por outro lado, uma quebra abaixo de 1,0 indicaria uma tendência de baixa, pois sugere que não existe demanda suficiente para suportar a pressão de venda das sardinhas. 

Retorno mensal do bitcoin

A recente alta do preço do ativo segue uma tendência de baixa de três meses bastante persistente, que empurrou o perfil de retorno mensal do Bitcoin para território negativo.

Os mínimos de mercado de US$ 33,5 mil estabelecidos na semana passada foram associados à subvalorização histórica no perfil de retorno mensal. O gráfico abaixo mostra os retornos do Bitcoin em uma janela contínua de 30 dias:

retorno mensal do bitcoin

Veja também que a simples recorrência na compra de Bitcoin tem se mostrado uma estratégia extremamente lucrativa – conheça a estratégia Dollar Cost Average (DCA)

Os retornos mensais só foram tão baixos em cinco períodos nos últimos 5 anos:

  • Correções em janeiro-abril de 2018 que iniciaram o mercado de baixa.
  • Evento de capitulação de mercado em baixa de novembro de 2018.
  • A liquidação em março de 2020, quando o COVID afetou as economias globais.
  • O evento de desalavancagem de maio de 2021.
  • O desempenho em 2022.

Os retornos negativos de -30% historicamente sinalizam condições de sobrevenda, segundo o relatório completo da Glassnode que você encontra aqui


Fique ligado no grupo do Telegram do Cointimes para receber as próximas análises on-chain.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br