Passfolio

O preço do BTC ainda está lateralizando da queda do sábado passado. Enquanto isso, os touros do Bitcoin tentam manter o nível de preço de US$ 50 mil, à medida que a forte demanda retira as moedas das corretoras. 

“Depois de grandes reduções de preços, é natural que alguns detentores percebam as perdas, por medo de que o mercado sofra novas perdas”, de acordo com o relatório on-chain da Glassnode. Essa recente aceleração nas perdas realizadas é indicativa de nervosismo de novas perdas; entenda.

Preço do Bitcoin (BTC) – Fonte: CoinGoLive.com

Comparando a recente queda com o passado

Após uma volatilidade significativa do mercado, como o evento de desalavancagem da semana passada, é valioso avaliar a ampla resposta do investidor, as mudanças nos padrões de gastos e sentimento, e as novas tendências emergentes que são observáveis ​​em dados on-chain e derivados. Em relatório, a empresa de análise compara a recente queda com o movimento do ativo em maio deste ano. 

Uma diferença importante entre as quedas de maio e dezembro é justamente a variação nos saldos das exchanges. Entre maio e julho, as bolsas viram um enorme influxo de BTC na rede durante um período. Na correção atual, o gráfico abaixo mostra o movimento oposto. 

Passfolio
Diferença importante entre as quedas de maio e dezembro – Fonte: Glasssnode

Os bitcoins estão saindo das corretoras e sendo guardados em wallets. Olhando para o Fluxo Líquido de retirada/aportes em exchanges, no gráfico abaixo, podemos ver que o mercado atual está firmemente em um regime de saídas líquidas.

Volume de moedas saindo e entrando das corretoras – Fonte: Glassnode

Além do fluxo de moedas saindo das corretoras, a magnitude da métrica de “Lucros Realizados” está em declínio. De acordo com a Glassnode, um movimento semelhante foi observado no primeiro semestre de 2021, sugerindo que menos moedas lucrativas são gastas à medida que a correção prossegue.

Leia também: Análise on-chain: banho de sangue gerou prejuízo de quase US$ 3 bilhões

O combustível para a volatilidade presenciada pelos investidores ocorre por causa da chegada de novos entrantes e também o aumento nos contratos futuros. Veja no gráfico abaixo que logo após acúmulo de contratos futuros em maio e novembro, o resultado foi uma limpeza generalizada de contratos futuros em aberto para cerca de 340.000 BTC.

Contratos futuros de Bitcoin – Fonte: Glassnode

Após um evento de desalavancagem, é típico que os mercados à vista retornem como força dominante para ditar os movimentos de preços. Uma ferramenta útil para identificar isso está no gráfico abaixo.

Ele é um indicador de dominância; de quanto que o contrato futuro é relevante, perto do contrato à vista. E como ele caiu abaixo da linha roxa, significa que o mercado à vista agora tem mais relevância na formação de preço. 

Dividindo os ursos e os touros 

A Glassnode utiliza o “Lucro / Perda Líquido Não Realizado (NUPL)” como um indicador de quando o lado vendedor adicional pode ser ativado caso os preços do Bitcoin diminuam ou caiam ainda mais. Ele sinaliza o campo de batalha histórico entre touros e ursos.

“A linha divisora é lucratividade em 50%, o que significa que metade da capitalização de mercado do Bitcoin é mantida como lucro não realizado“, segundo a empresa.

Lucro / Perda Líquido Não Realizado (NUPL) – Fonte: Glassnode

 

Em tendências de baixa, esta zona oferece resistência, já que os detentores estão cada vez mais dispostos a cortar suas posições com lucro moderado, como pode ser visto no movimento de preço de maio a julho.

Nas tendências de alta, esta zona fornece suporte aos detentores que buscam aumentar suas posições lucrativas, como pode ser visto de agosto a novembro.

A análise completa de todos os indicadores da Glassnode foi disponibilizada pelo criador do canal Jaraguá. Confira no vídeo abaixo:

Passfolio