Breaking News  
Banco Itaú capta 100 milhões usando blockchain, transação inédita na América Latina Blockchain

Banco Itaú capta 100 milhões usando blockchain, transação inédita na América Latina

Primeira transação do tipo usando blockchain na América Latina

Neto Guaraci
Neto Guaraci

O banco Itaú, o maior da América Latina, fez uma transação multimilionária utilizando o blockchain.

A transação milionária foi uma captação do Itaú com os bancos Wells Fargo e Standard Chartered, 50 milhões de dólares para cada banco. Foi a primeira vez que um empréstimo sindicalizado (onde um grupo de bancos se junta para financiar transações) foi executado em blockchain na América Latina. Esse empréstimo é um marco na maneira em que os bancos se comunicam entre si.

Para essa transação ocorrer foram necessários 6 meses de negociações, envolvendo áreas jurídicas, análises regulatórias e integração tecnológica. Os bancos utilizaram a tecnologia do consórcio  R3 (já falamos dele aqui), chamada de Corda Connect. Nela as empresas envolvidas conseguem autenticar, fazer o upload de documentos, revisá-los e garantir a segurança e autenticidade dos dados.

Em entrevista para o Valor, Ricardo Nuno, diretor de tesouraria banking do Itaú ressaltou a eficiência do blockchain:

“Entre todas as tecnologias que surgiram nos últimos anos, o blockchain é a que faz mais sentido realmente para os bancos, porque demoramos muito tempo trocando documentos e e-mails.”

A ideia dos bancos envolvidos é aumentar o uso do blockchain para esse tipo de empréstimos, que geralmente são usados para financiar aquisições e ajudar no capital de giro.

Banco Itau x bitcoin:

Apesar da tecnologia do blockchain ter surgido a partir do Bitcoin, o banco Itaú é conhecido no mercado de criptomoedas por ser contra o uso desse ativo.

O Itaú fechou diversas contas de várias corretoras de bitcoin, nós cobrimos essa briga no Minuto Cointimes 22, vale a pena conferir:

Minuto Cointimes #22 – Itaú x Mercado Bitcoin, PSG token, Nano no topo e muito mais

Essa não é a primeira iniciativa do Itaú com blockchain, no começo do ano eles lançaram o “Blockchain Collateral”, ferramenta que permite aos bancos negociarem garantias. É sabido que o Bradesco e o Itaú estão trabalhando em conjunto com a Bovespa na criação de uma plataforma em blockchain.

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Sou estudante de Gestão de Negócios e Inovação na Fatec-Sebrae. Trabalho na Foxbit, ajudo na criação de conteúdo. Amo falar sobre criptomoedas, liberdade financeira e empreendedorismo. Se você também gosta, entre em contato. :)

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.