O volume diário de negociações de Bitcoin em exchanges peer-to-peer (P2P) na Venezuela tem aumentado nas últimas duas semanas, com o presidente Nicolas Maduro ordenando que o país entre em quarentena.

Bancos venezuelanos fecham indefinidamente

A pandemia de coronavírus prejudicou gravemente a economia mundial nas últimas semanas, uma vez que vários países sentiram que precisavam adotar sérias medidas contra o vírus.

A Venezuela também teve seus problemas com a epidemia, mesmo com apenas 36 casos relatados no país. No entanto, o governo liderado pelo presidente Nicolas Maduro avançou para colocar o país em quarentena em uma tentativa de conter o vírus.

Em conformidade com o pedido de Maduro, Antonio Morales Rodriguez, chefe do SUDEBAN, um importante órgão regulador do setor bancário da Venezuela, ordenou que todas as instituições financeiras do país suspendessem indefinidamente as operações.

O FIM DO REAL BANNER

Rodriguez escreveu:

“Estou escrevendo esta carta para instruí-lo que, a partir de segunda-feira, 16 de março de 2020, todas as atividades que envolvam atenção direta a clientes, usuários e público em geral por meio de agências, filiais, escritórios e sedes administrativas em todo o país serão encerradas indefinidamente.”

Negociações P2P de Bitcoin aumentam na Venezuela

Por fontes próximas ao assunto, a mais recente diretiva do governo acabou sendo uma coisa boa para o Bitcoin na Venezuela, com o volume de negociações na principal bolsa P2P do país, a LocalBitcoins experimentando seu maior aumento desde início de 2020.

Na semana passada, o volume no LocalBitcoins aumentou de sua alta de fevereiro de 491 BTC para 540 BTC, quebrando o recorde de bitcoins negociado em dólar na plataforma, que era de 479.

Da mesma forma, o comércio de bitcoin P2P continuou a ganhar força em vários países da América Latina, devido ao surto do coronavírus.

Como visto na CoinDance, uma plataforma de estatísticas de Bitcoin conduzida pela comunidade, o volume de negociação de bitcoin P2P na Colômbia subiu de apenas 289 BTC para 403 BTC em apenas uma semana.

Além disso, na Argentina, o volume de negociação de bitcoin ultrapassou a marca de 50 BTC pela primeira vez em três anos.

Até o momento, o preço do bitcoin (BTC) ainda está pairando em torno de US$ 5.227, com uma capitalização de mercado de US$ 95,5 bilhões, como visto no CoinGoLive.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br