Uma das corretoras do Grupo Bitcoin Banco entrará em manutenção por tempo indeterminado. A BATexchange pede que clientes transfiram seus fundos para corretoras parceiras, no caso são: Negocie Coins e TemBTC.

O comunicado foi feito através da página da corretora no Facebook. O aviso foi publicado próximo do meio-dia desta terça-feira (28/05/18). Você pode conferir logo abaixo.


O Grupo Bitcoin Banco denunciou na última sexta-feira um golpe de R$ 50 milhões. Segundo o grupo, uma quadrilha estaria se aproveitando de uma falha no sistema de saques e gerando milhões de Reais em saques de Bitcoin duplicados.

Conteúdo recomendado:

→ O mercado de altcoins tem grande potencial, confira nosso relatório

→ Veja nosso relatório sobre o Bitcoin

Desde então, as corretoras do grupo passaram a restringir os saques e estabeleceram um teto operacional para os clientes. A restrição aumentou a fila de retiradas, que estão levando até 4 dias úteis em alguns casos.

Consequentemente, o número de reclamações sobre as corretoras do grupo explodiu no Reclame Aqui. O que complica ainda mais o caso, é que o Banco Brasil Plural encerrou a parceira que tinha com o Grupo Bitcoin Banco, tornando mais difíceis os saques.

Em virtude disso, surgiram rumores de que o grupo teria comprado o Banco Topázio, o que foi imediatamente desmentido pela sua assessoria.

Quer ficar por dentro do mercado de Altcoins e aprender a tomar as melhores decisões? Confira nosso relatório.