Coingoback

Bill Gates, Elizabeth Warren e Bernie Sanders querem que os ricos paguem mais impostos, mas Gates está dizendo o que os candidatos democratas parecem estar pensando: aumentar os tributos sobre ganhos de capital.

Gates, o bilionário co-fundador da Microsoft Corp. e o segundo homem mais rico do mundo, sugeriu que um aumento na taxa de imposto sobre ganhos de capital é a maneira mais simples e direta de cobrar os impostos dos mais ricos.

Especialistas em impostos dizem que, essencialmente, o que os senadores Warren e Sanders, ambos buscaram indicação presidencial democrata de 2020, estão fazendo com seu imposto sobre a riqueza e com a expansão do imposto sobre heranças. Eles estão apenas empacotando de uma maneira que seja mais fácil de vender na campanha.

O plano de Bill Gates

Gates, disse em uma entrevista na televisão que “as grandes fortunas, se seu objetivo é ir atrás delas, você tem que aumentar o imposto sobre ganhos de capital”.

A receita, segundo ele, deve ser usada para compensar o déficit orçamentário – um objetivo diferente dos democratas, que querem usar a receita arrecadada com programas federais de saúde e creches, entre outras coisas.

A taxa de ganhos de capital flutuou de uma alta de quase 40% no final dos anos 1970 para 28% após os cortes de impostos do ex-presidente Ronald Reagan em 1986, e atualmente está em 20% desde 2013.

Bill Gates não entrou em detalhes sobre como aumentar a taxa de ganhos de capital. Seu patrimônio líquido de US $ 98,5 bilhões inclui a Fundação beneficente Bill & Melinda Gates.

Com quase US $ 51 bilhões em ativos patrimoniais até o final de 2017, a fundação é abastecida principalmente pelos lucros das ações e dividendos da Microsoft por meio da Cascade Investment, sua holding.

Os economistas debatem se a redução da taxa estimularia ou retardaria o crescimento econômico e as doações de caridade.

O aumento de 5 pontos percentuais no imposto sobre capital, o que levaria a taxa para para 25% daria ao governo americano cerca de US $ 25 bilhões em receita ao longo de uma década até 2027, de acordo com estimativas do Centro de Política Fiscal.

Enquanto isso, Sanders estima que seu aumento nas propriedades bilionárias sozinho aumentaria para US $ 2,2 trilhões. O plano de Warren aumentaria US $ 2,75 trilhões em 10 anos, de acordo com sua campanha.

Spiegel, repetindo uma discussão frequentemente ouvida em Wall Street, disse que a redução do benefício levaria os investidores ricos a trabalhar menos.

“É provável que o cara ganhando US $ 10 milhões por ano em ganhos de capital e renda trabalhe 80 horas por semana” – e se os maiores rendimentos tiverem mais impostos, “aquele cara não vai mais trabalhar e, ao invés disso, vai brincar na quadra de tênis, ou barco o dia todo. ”

Fonte de riquezas

Os mais rico dos contribuintes obtém a maior parte de suas riquezas não de salários, mas de lucros de ganhos de capital em investimentos em ações, propriedades ou outros ativos.

Ao contrário da renda do trabalho, que é tributada a uma taxa máxima de 37%, os lucros sobre ativos mantidos por pelo menos um ano antes de serem vendidos têm uma taxa máxima de 20%.

“A maior parte do déficit de riqueza é devido a ganhos de capital”, disse Mark Spiegel, que administra um pequeno fundo de hedge na Stanphyl Capital Management. “Ninguém está ganhando US $ 50 milhões em renda do trabalho.”

O plano de “imposto ultra-milionário” de Warren visa taxar ganhos de capital sem dizê-lo e os tributa de forma diferente.

Ela exigiria que os 75.000 domicílios americanos mais ricos pagassem uma taxa anual de 2% sobre cada dólar de patrimônio líquido acima de 50 milhões de dólares. Os bilionários pagariam um imposto adicional de 1% sobre isso.

Ao perseguir a riqueza acumulada, Sanders também visa os frutos de ganhos de capital com sua proposta de expandir drasticamente o imposto sobre imóveis, incluindo a imposição de uma nova taxa de 77% sobre a parcela de propriedades que valem mais de US $ 1 bilhão.

Mas ir atrás de ganhos de capital sempre foi politicamente complicado e difícil de vender ao público.

“Os republicanos tratam” o benefício do imposto sobre ganhos de capital “como se estivesse escrito nas tábua sagrada de Moisés”, disse Mark Mazur, diretor do centro de política tributária e alto funcionário do Tesouro durante o governo Obama. “Mas não há nada sagrado sobre isso.”

Os planos democráticos que visam a riqueza que vem em grande parte de ganhos de capital servem funcionalmente como o equivalente a uma taxa mais alta nesses lucros, de acordo com Mark Bloomfield, presidente e diretor executivo do Conselho Americano para Formação de Capital, um lobby e grupo de pesquisa.

Andrew Hayashi, especialista em direito tributário da Escola de Direito da Universidade da Virgínia, disse: “O espírito do momento é que as pessoas sentem que a renda do capital é sub-tributada”.

As propostas dos democratas, ridicularizadas como “socialismo” pelo presidente Donald Trump, devem continuar sendo apenas gritos de campanha, a menos que um democrata conquiste a Casa Branca em 2020 e o partido ganhe o controle de ambas as casas do Congresso.

Fonte: Bloomberg

Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!