Coingoback

O Bitcoin está em plena atividade neste fim de semana, com a criptomoeda renovando suas máximas históricas. No momento em que este artigo foi escrito, o BTC estava sendo negociado a US$ 24.038, o que mostra um salto substancial em relação à baixa de ontem de US$ 22.300.

Índice de Medo e Ganância aponta mercado eufórico

A empolgação em torno do Bitcoin pode ser melhor ilustrada pelo famoso Índice de Medo e Ganância do “criptomercado”, mantendo continuamente um valor por volta de 90 desde 6 de novembro. Nesta data, o Bitcoin estava sendo negociado por cerca de 13 mil dólares e iria impressionar os investidores ao marcar um recorde histórico no dia 17 de dezembro.

Valor do Índice de Medo e Ganância do mercado de criptomoeda. Fonte: Alternative.me

Traders de Bitcoin permanecem otimistas

Apesar do Bitcoin estar em território desconhecido, uma análise da equipe do Santiment concorda que o otimismo ainda prevalece no mercado. De acordo com seu último estudo, as discussões em torno do Bitcoin continuaram altistas, mesmo após o recuo mencionado de mais de 5%.

“A quantidade de discussão relacionada a “compra”, “comprando” ou “comprado” está em seu nível mais alto desde a última redução moderada em 1º de dezembro”, destacou a empresa, que buscou pelos principais termos em inglês nas redes sociais.

Análise de sentimento de mercado. Fonte: Santiment.
Análise de sentimento de mercado. Fonte: Santiment.

Bitcoin pode testar até US$ 25.000

O universo cripto está repleto de previsões de curto e longo prazo do Bitcoin, com um consenso de que uma grande queda é improvável. Isso se deve ao acúmulo contínuo de Bitcoin por investidores institucionais que agora possuem 953.190 BTC em suas reservas. Este é um aumento de 7,24% nas participações de Bitcoin desde 9 de dezembro, quando seus caixas somavam 888.864 BTC.

De acordo com a última atualização de mercado feita pela equipe da Crypterium Analytics, US$ 24.000 e até US$ 25.000 é possível para o Bitcoin avançar com os 20 mil dólares atuando como uma área de suporte macro.

“Sem dúvida, veremos testes do nível de US$ 24.000 nos próximos dias. O Bitcoin será capaz de quebrá-lo, se fixar acima de US$ 23.600 no período de 4 horas. Nesse caso, provavelmente, seremos capazes de ver outro lumbago de pelo menos US$ 25.000.

Deve-se ter em mente que o Natal começará em uma semana. Isso significa que muitos participantes do mercado fixarão suas posições. Portanto, não descartamos uma queda para US$ 20.000 ou menos na próxima semana.”

Veja também: Analista da Empiricus cita motivos para Bitcoin subir 400% em 2021


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!