Na manhã desta segunda-feira (23), começando a semana com o pé direito, o Bitcoin salta para US$ 50.175, segundo o CoinGoLive – levando todas as outras moedas junto para cerca de 12 trilhões de reais em capitalização de mercado.

R$ 12 trilhões em capitalização de mercado
Fonte: CoinGoLive.com.br

Altcoins sobem junto para alcançar R$ 12 trilhões

O resultado das principais altcoins em 24 horas é o seguinte: Ethereum (+2,15%), Cardano (+8,12%), Binance Coin (+8,09%), Ripple (+3,51%), Dogecoin (+1,86%), Polkadot (+0,68%), Solana (-4,45%), Uniswap (+1,19%), Bitcoin Cash (-0,01%), Chainlink (+0,97%), Litecoin (+1,05%) e Terra (+4,18%).

Por conta desse esforço coletivo as criptomoedas somam cerca de R$ 12 trilhões em capitalização de mercado – US$ 2,23 trilhões. Com isso, a dominância do líder das criptomoedas diminuiu para cerca de 42,27%.

Bitcoin alcança US$ 50.000 

Pela primeira vez desde 14 de maio, o bitcoin alcança os US$ 50.000. Sua capitalização de mercado subiu para US$ 942 bilhões. 

Nas principais corretoras brasileiras, o BTC é negociado próximo de R$ 270.500. 

Leia também: Recuperação do Bitcoin antes de Elon Musk e Jack Dorsey conversarem no The B Word

A preços atuais, o BTC está agora a apenas 22,5% de seu recorde histórico de US$ 64.800, atingido em 14 de abril.

O volume de negociações de BTC no Brasil nas últimas 24 horas fechou em 619,43 BTC, segundo o Cointrader Monitor.

Na semana passada, o analista ‘PlanB’ atualizou seu conhecido modelo stock-to-flow, que ainda está no caminho certo, confirmando sua previsão do preço do Bitcoin em US$ 100.000 antes do final de 2021. 

Ele mostrou que a linha branca alvo e os sinais de preços na rede indicam que ainda estamos no meio desse ciclo de alta.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes, acesse.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br