Nesta quinta-feira (03) o bitcoin (BTC), que ensaiava um possível short squeeze (forte alta capaz de liquidar posições vendidas), caiu ~5,5% e voltou a ser negociado a US$ 36.472,04, segundo o Coingolive.  

Confira no Resumo de Mercado de hoje que analistas apontam que o investidor de varejo segue ativo enquanto os preços se mantêm acima de US$ 35 mil. No entanto, o apetite pode cessar a qualquer momento pois um importante indicador técnico se aproximou do território de sobrecompra ontem. 

bitcoin cai 5% indicador técnico
Ranking de Criptomoedas – Coingolive.com

Bitcoin caiu 5%

Os últimos dias estavam indo muito bem para a maior criptomoeda em capitalização de mercado. Depois de cair para US$ 36.500 na segunda-feira, conforme relatado, o ativo mudou sua trajetória e começou a ganhar valor.

Isso resultou em um aumento para US$ 38.000 e até mesmo algumas tentativas consecutivas de desafiar US$ 39.000. 

No entanto, depois de não conseguir desafiar US$ 39.000 mais uma vez, os ursos intensificaram e levaram a criptomoeda para o sul.

Desta vez, o bitcoin caiu para ~US$ 36.500 mais uma vez. A partir de agora, sua capitalização de mercado está abaixo de US$ 700 bilhões e dua dominância líuida sobre o mercado é de 58,90%. 

Os analistas apontam que o investidor de varejo segue ativo enquanto os preços se mantêm acima de US$ 35 mil, o que pode ajudar a evitar quedas mais bruscas da criptomoeda.

No entanto, o apetite pode cessar a qualquer momento. Para Damanick Dantes, analista da CoinDesk, um importante indicador técnico se aproximou do território de sobrecompra ontem, algo que costuma acontecer antes de um recuo mais intenso do que o que foi visto até aqui.

RSI do Bitcoin vs. gráfico anotado de BTC/USD – Fonte: Crypto Ed/Twitter

“O índice de força relativa (RSI) no gráfico diário se aproximou do território de sobrecompra na terça-feira, que precedeu a atual retração no preço”, disse o analista da Coindesk.

Além disso, a média móvel de 100 períodos no gráfico de quatro horas, atualmente em US$ 38.220, continua a limitar breves ganhos de preço. 

Os compradores precisarão fazer um movimento decisivo acima de US$ 40.000 para reverter a tendência de baixa.

Na antesala do Copom, nada muito certo 

Na antessala da decisão do Copom que confirmou uma alta de 1,5 ponto percentual na Selic, elevando a taxa básica no país para 10,75% ao ano, a bolsa e o câmbio tiveram um movimento de correção após uma sequência de resultados positivos.

Leia Mais: Genial: Turquia registra 36% de inflação anual e Chefe de Estatística é demitido

O mercado não ficou nem um pouco surpreso com a decisão do Comitê de Política Monetária do BC. Os investidores já estavam preparados para uma taxa de dois dígitos, mas nem todos esperavam que o BC sinalizasse para o começo de uma desaceleração no ciclo de aperto monetário já a partir da próxima reunião do Comitê, nos dias 15 e 16 de março.

“Em relação aos seus próximos passos, o Comitê antevê como mais adequada, neste momento, a redução do ritmo de ajuste da taxa básica de juros”, diz o trecho do comunicado do Copom, que mais chamou atenção.

De maneira geral, os analistas acreditam que a mensagem aponta para um aumento nos juros menor do que 1,5 ponto-percentual na próxima reunião. Nada muito certo.

Dólar (USDC) – R$ 5,28 (+0,07%)

Solana foi a que mais caiu.

As altcoins registraram ganhos impressionantes na terça-feira antes de estagnar na quarta-feira. Agora, porém, a maioria está profundamente no vermelho.

O Ethereum atingiu US$ 2.800 há dois dias, marcando uma alta de várias semanas. No entanto, um declínio de 3% desde então levou a segunda maior criptomoeda para menos de US$ 2.650.

Solana foi a que mais caiu. Após um ataque contra a rede baseada na blockchain da Solana chamada Wormhole, na qual os criminosos roubaram US$ 320 milhões em ETH, a SOL começou a perder valor. A partir de agora, o ativo caiu 10% em um dia para menos de US $ 100.

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-5,71%), Binance Coin (-5,58%), Cardano (-4,39%), Solana (-13,59%), Ripple (-5,14%), Polkadot (-10,44%), Terra (-10,44%), Dogecoin (-5,62%), Avalanche (-9,25%), Shiba Inu (-5,76%) e Polygon (-8,87%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto fica em torno de US$ 1,75 trilhões nesta quinta-feira.

Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.