Passfolio

Nesta sexta-feira (17) os movimentos de alta do preço do Bitcoin duraram pouco desta vez, já que o ativo caiu para US$ 47.000 novamente. As altcoins também estão no vermelho, com o Ethereum caindo para menos de US$ 4.000 e o Polkadot caindo quase 9%.

Confira no Resumo de Mercado de hoje o mercado de criptomoedas e também os mercados de ações globais se ajustando à expectativa de aumento de juros. No momento em que investidores atravessam uma semana marcada por decisões de grandes bancos centrais, a injeção de liquidez da autoridade monetária brasileira garantiu o viés de baixa do dólar por aqui.

bitcoin cai mercados globais caem segundo o CoinGolive
Ranking de Criptmoedas – Fonte: CoinGoLive.com

Montanha-russa continua

Os últimos dias foram bastante voláteis para o bitcoin. Ele tentou ultrapassar o nível de US$ 50.000 em 12 de dezembro, quando os ursos intensificaram a pressão sobre o ativo e o empurraram para o sul. Como resultado, o BTC caiu abaixo de US$ 46.000 apenas um dia depois. 

Ele não conseguiu recuperar muito valor até que o Federal Reserve dos EUA disse que deixaria as taxas de juros inalteradas. Isso levou a um aumento imediato nos preços de US$ 46.500 para US$ 49.500, conforme relatado ontem. 

Passfolio

No entanto, o sentimento basicamente negativo retornou nas horas seguintes. O BTC não conseguiu continuar subindo e começou a perder valor, culminando em outra queda abaixo de US$ 47.000 horas atrás.

Medo extremo no mercado de criptomoedas
Índice de Medo e Ganância no mercado de criptomoedas – Fonte: Alternative.me

A partir de agora, o líder das criptomoedas é negociado por US$ 46.970 – R$ 267.617 nas principais corretoras brasileiras, com 4% de queda em 24 horas. Sua capitalização de mercado fica em torno de US$ 888 bilhões. 

Mercados globais acompanham queda 

O retrocesso do BTC está alinhado com movimentos semelhantes nos mercados de ações globais. Os três maiores índices de ações dos EUA – S&P 500, Dow Jones e NASDAQ, todos fecharam ontem no vermelho, e seus contratos futuros também perderam força.

O mercado de ações no Brasil, que deu sequência ao movimento positivo dos últimos dias retomando os 108 mil pontos, agora se ajusta ao discurso adotado pelo Banco Central, ao passo que o dólar terminou o dia em queda após a autoridade monetária brasileira ter promovido um novo leilão no mercado à vista.

Leia também: Correlação de Bitcoin com S&P 500 alcança quase 50%. Sinal de baixa?

No momento em que investidores atravessam uma semana marcada por decisões de grandes bancos centrais, a injeção de liquidez da autoridade monetária brasileira garantiu o viés de baixa do dólar por aqui.

Após tocar R$ 5,72 na máxima do dia, a moeda americana reagiu ao anúncio do BC e fechou em baixa de 0,47%, a R$ 5,67. Com a injeção de mais US$ 830 milhões ontem, o BC acumula US$ 3,372 bilhões vendidos no mercado spot desde a última sexta-feira.

Na terça-feira, o Copom revelou novas projeções de crescimento, hiato do produto e juro neutro, que passou de 3% para 3,5% em termos reais.

O risco fiscal e cenário macroeconômico no Brasil influência as novas projeções de crescimento da economia. Durante a conferência ontem, inclusive, o diretor de política econômica do BC, Fabio Kanczuk, abordou a visão de crescimento mais fraco que tem pautado discussões no mercado recentemente.

“A gente concorda que está ocorrendo essa revisão de crescimento para baixo, os números estão um pouco mais fracos, tem o aperto das condições financeiras… mas note que a gente não está colocando que o hiato aumenta brutalmente. As projeções [de inflação] estão acima da meta e demandam uma política monetária sensivelmente contracionistas”, disse.

Altcoins em queda também 

As moedas alternativas desfrutaram ontem de movimentos para o norte. Hoje, porém, a maioria está profundamente no vermelho. A Ethereum finalmente estava sendo negociado acima de US$ 4.000, mas um declínio acentuado desde então levou a segunda maior criptomoeda a bem abaixo dessa linha. 

Leia também: Diretor da Microsoft diz que Ethereum se tornará a “App Store descentralizada” em 2023

Polkadot foi o que mais perdeu com as grandes capitalizações, com uma queda de 8,80% em 24 horas. No entanto, Binance Coin, Solana, Cardano, Ripple, Dogecoin, Shiba Inu e Matic caíram nas últimas 24 horas. 

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-5,11%), Binance Coin (-2,09%), Solana (-3,91%), Cardano (-6,18%), Ripple (-2,76%), Polkadot (-8,80%), Avalanche (-2,69%), Terra (-0,54%), Dogecoin (-6,53%) e Shiba Inu (-6,67%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto caiu para cerca de US$ 2,28 trilhões nesta sexta-feira.

Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.